MENU

Adolescente é detida por criar site contra colega de escola nos EUA

Adolescente é detida por criar site contra colega de escola nos EUA

Atualizado: Segunda-feira, 19 Outubro de 2009 as 12

Uma adolescente de Missouri foi encaminhada a um centro de detenção juvenil, na semana passada, depois de criar um blog para denegrir a imagem de uma estudante da mesma escola, a Troy Buchanan Ninth Grade Center. A jovem, que não teve o nome divulgado, foi detida após denúncia da própria vítima, na quinta-feira (15), à diretoria da instituição de ensino.

''O site tinha conteúdo muito preocupante postado por alguém que obviamente desgosta das outras mulheres da escola'', afirmou o tenente Andy Binder, porta-voz do departamento de polícia do condado de Lincoln. A informação foi divulgada pelo blog ''Threat Level'', ligado à revista ''Wired''.

Segundo o post, a página que já saiu do ar continha diversas fotos da vítima e também textos escritos anonimamente. As mensagens diziam que ela era uma mulher fácil e descrevia os homens com quem já havia saído. A responsável pelo conteúdo também escreveu que seria melhor se a vítima ''morresse em vez de ficar saindo com tantos garotos''.

As escolas de Missouri desenvolveram uma política de tolerância zero contra o ciberbullying depois que a prática levou uma menina de 13 anos a cometer suicídio. Lori Drew, de 49 anos, é acusada de ter criado o perfil falso no MySpace de um jovem de 16 anos com a intenção de humilhar Megan Meier, de 13, que teria espalhado boatos sobre a filha de Drew. Ambas eram vizinhas e freqüentavam a mesma escola em St. Louis, em Missouri.

O ciberbullying é um conjunto de práticas agressivas, intencionais e repetitivas que são adotadas por uma ou mais pessoas contra outras, utilizando-se para isso de meios eletrônicos, como internet e telefones celulares.

''As escolas dessa área não querem correr o risco de perder outro estudante'', disse Binder. Segundo o tenente, as autoridades identificaram a principal responsável pela página depois de contatar outras pessoas que tinham seus nomes divulgados no site. A adolescente confessou a criação do conteúdo e foi levada ao centro de detenção juvenil ? ainda será decidido se ela será acusada criminalmente.

veja também