MENU

Aeroportos americanos poderão usar Wii para prender terroristas

Aeroportos americanos poderão usar Wii para prender terroristas

Atualizado: Quinta-feira, 8 Outubro de 2009 as 12

Um projeto do departamento de segurança nacional dos Estados Unidos para reforçar a proteção dos aeroportos contra terroristas utiliza a balança Wii Balance Board, do videogame Wii, para detectar possíveis terroristas. O acessório consegue identificar diferenças sutis de peso e de equilíbrio do corpo, podendo indicar inquietação ou nervosismo do passageiro. Isso indicaria a intenção de cometer um ato contra a segurança da aeronave, segundo reportagem da CNN.

O Wii Balance Board é uma balança que faz parte do game "Wii fit", focado em exercícios físicos. O jogo foi lançado e em 2008 e sua continuação, "Wii fit plus", chegou às lojas americanas nesta segunda-feira, 5 de outubro.

A balança fará parte de uma série de sistemas que medirão sinais do corpo em sensores espalhados pelos aeroportos, caso o projeto seja aprovado. Em vez de detectar se um possível terrorista carrega explosivos junto ao corpo, por exemplo, o conjunto de aparelhos identificará alterações nos batimentos cardíacos, na temperatura corporal e o nervosismo do indivíduo.

O departamento de segurança americano afirma que não há como alguém enganar o sistema e US$ 20 milhões foram gastos na pesquisa.

Um projeto do departamento de segurança nacional dos Estados Unidos para reforçar a proteção dos aeroportos contra terroristas utiliza a balança Wii Balance Board, do videogame Wii, para detectar possíveis terroristas. O acessório consegue identificar diferenças sutis de peso e de equilíbrio do corpo, podendo indicar inquietação ou nervosismo do passageiro. Isso indicaria a intenção de cometer um ato contra a segurança da aeronave, segundo reportagem da CNN.

O Wii Balance Board é uma balança que faz parte do game "Wii fit", focado em exercícios físicos. O jogo foi lançado e em 2008 e sua continuação, "Wii fit plus", chegou às lojas americanas nesta segunda-feira, 5 de outubro.

A balança fará parte de uma série de sistemas que medirão sinais do corpo em sensores espalhados pelos aeroportos, caso o projeto seja aprovado. Em vez de detectar se um possível terrorista carrega explosivos junto ao corpo, por exemplo, o conjunto de aparelhos identificará alterações nos batimentos cardíacos, na temperatura corporal e o nervosismo do indivíduo.

O departamento de segurança americano afirma que não há como alguém enganar o sistema e US$ 20 milhões foram gastos na pesquisa.

veja também