MENU

Após terremoto e ataques de hackers, Sony tem 3º ano de prejuízo

Após terremoto e ataques de hackers, Sony tem 3º ano de prejuízo

Atualizado: Quinta-feira, 26 Maio de 2011 as 1:43

A Sony encerrou o ano fiscal em 31 de março com prejuízo líquido de 259,6 bilhões de ienes (US$ 3,2 bilhões), superior à perda de R$ 40,8 bilhões de ienes do último período fiscal. O prejuízo foi concentrado de janeiro a março, quando foi de 388,8 bilhões de ienes (US$ 4,7 bilhões). No mesmo trimestre de 2010, a empresa registrou 56,6 bilhões negativos.  

A receita caiu 7,8% no trimestre, na mesma base de comparação, para 1,58 trihões de ienes (US$ 19,3 bilhões). Ao fechar o terceiro ano consecutivo no vermelho, a gigante dos eletrônicos anunciou a expectativa de retorno aos lucros no ano fiscal corrente.

A companhia divulgou nesta quinta-feira (26) a estimativa de lucro de 80 bilhões de ienes (US$ 975,6 milhões) para o ano fiscal de 2011. Para isso, conta com a recuperação de vendas de televisores de tela plana, computadores e jogos.

Sede principal da Sony em Tóquio, no Japão (Foto: Shizuo Kambayashi/AP)

  "A Sony está levando a frente iniciativas de transformação estrutural para aumentar a rentabilidade por meio de vários programas de redução de custos", informou a companhia.

O último prejuízo, o maior em 16 anos , foi registrado em um período de desafios, em que a companhia foi prejudicada pelas catástrofes naturais no Japão e pelos sucessivos ataques de hackers à rede on-line de jogos do PlayStation.

A Sony estima os custos relacionados à violação da segurança on-line em 14 bilhões de ienes (US$ 173 milhões). O impacto do terremoto sobre as vendas foi calculado em 22 bilhões de ienes (US$ 270 milhões).          

veja também