MENU

As negociações pelo novo PGMU estão paralisadas

As negociações pelo novo PGMU estão paralisadas

Atualizado: Quinta-feira, 17 Março de 2011 as 1:19

Ainda não há avanços concretos na negociação entre o governo e as operadoras sobre os novos objetivos do Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU).

Até agora, as propostas apresentadas pela Oi e Telefónica sobre seus planos de banda larga a preços acessíveis continuam longe das pretensões do governo.

As ofertas destas empresas estão em torno de US$ 17 mensais e há diferenças quanto à velocidade. Enquanto a Oi propõe velocidades de 600 Kbps, a da Telefónica alcança apenas 200 Kbps. A ideia do governo é que o mínimo seja de 1 Mbps.

Cabe lembrar que o governo federal avaliou que se as operadoras apresentarem ofertas de acesso à banda larga compatíveis com as determinações do Plano Nacional de Banda Larga, será melhor que se adequararem às novas metas inclusas no PGMU.      

veja também