MENU

Aspirador de pó eletrostático remove sujeira invisível

Aspirador de pó eletrostático remove sujeira invisível

Atualizado: Terça-feira, 27 Outubro de 2009 as 12

Se a poeira incomoda muito em casa ou no escritório, na indústria o problema pode ser bem mais sério. Até mesmo partículas invisíveis a olho nu podem representar problemas sérios e prejuízos financeiros.

Partículas maiores do que cinco micrômetros podem contaminar produtos alimentícios e medicamentos; grânulos um pouco maiores podem reduzir a qualidade dos impressos na indústria gráfica; e partículas muito finas em componentes eletrônicos sensíveis podem causar curtos-circuitos.

Limpeza eletrostática

Infelizmente, aspiradores de pó mais fortes somente resolvem o problema parcialmente - eles não são capazes de sugar partículas menores do que 20 micrômetros porque essas partículas ficam firmemente presas às superfícies pela força eletrostática.

Pesquisadores alemães foram na raiz do problema para criar uma nova tecnologia de limpeza industrial. Inicialmente, eles carregam as partículas de poeira com íons positivos. A seguir, um eletrodo carregado positivamente atrai as partículas, que se soltam facilmente da superfície.

"O sistema garante a qualidade dos produtos e melhora o ambiente de trabalho dos empregados, uma vez que ele coleta de forma eficaz as partículas danosas, evitando que elas fiquem nos produtos ou em suspensão no ar e acabem entrando no pulmão dos trabalhadores," diz Sukhanes Laopeamthong, um dos responsáveis pela criação do aspirador eletrostático.

Aspirador simulado

Um software de simulação ajudou no projeto do equipamento, determinando a intensidade do campo elétrico necessário para liberar as partículas das superfícies e o fluxo de ar necessário para transportá-las.

O aspirador eletrostático remove 85% das partículas menores do que 15 micrômetros e mais de 95% das partículas acima dessa dimensão.

O protótipo está sendo demonstrado para indústrias do ramo, que poderão licenciar a tecnologia e colocar o novo equipamento no mercado.

veja também