MENU

Australiano de 17 anos reivindica autoria de caos no Twitter

Australiano de 17 anos reivindica autoria de caos no Twitter

Atualizado: Quarta-feira, 22 Setembro de 2010 as 3:36

Um australiano de 17 anos reivindicou nesta quarta-feira (22) a autoria do caos provocado, sem querer, no Twitter na terça-feira, gerando problemas nas contas de milhares de pessoas, incluindo o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs. O microblog não confirmou que o adolescente tenha sido o responsável pelo "ataque".

Pearce Delphin, que tem uma conta no Twitter com o pseudônimo @zzap, reconheceu ter encontrado uma falha na segurança que foi aproveitada pelos hackers e espalhou o caos durante cinco horas na terça-feira (21).

Delphin, que mora em Melbourne com os pais, introduziu um código Javascript como texto normal em uma mensagem que desencadeava a abertura de sites apenas com o ato de passar o mouse sobre o texto, sem a necessidade de clicar nos tweets. Os hackers aproveitaram a ideia e usaram o código para redirecionar os usuários para páginas pornográficas ou criar tweets que eram repetidos a cada vez que eram lidos.

"Fiz isso apenas para ver se era possível fazer (...) para ver se o código Javascript podia ser utilizado em um tweet", contou o jovem. "Ao enviar meu tweet, nunca imaginei que isto poderia acabar assim", completou.

Milhares de contas foram afetadas, como a de Sarah Brown, esposa do ex-premier britânico Gordon Brown, que tem mais de um milhão de seguidores. O porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, também foi afetado.

O Twitter pediu desculpas na terça-feira (21) aos milhões de usuários. Um dos diretores da equipe de segurança do microblog, Bob Lord, afirmou que os dados das contas pessoais não foram afetados.

Erro foi apontado em agosto

Um funcionário que trabalha como programador no Twitter já havia publicado, na internet, a solução para a falha que na manhã da terça-feira (21) impediu que milhares de usuários publicassem mensagens no site.

Ben Cherry, do Twitter, colocou na rede o código usado no serviço de microblog para o processamento de links. No dia 23 de agosto, Cherry fez uma atualização ao código, mostrando que uma falha havia sido corrigida, informando inclusive um exemplo de como ela poderia ser explorada. O funcionário do Twitter postou alguns códigos, entre eles o usado no processamento de links.

veja também