MENU

Borracha com bluetooth é usada para colar em "vestibular" do Peru

Borracha com bluetooth é usada para colar em "vestibular" do Peru

Atualizado: Segunda-feira, 23 Agosto de 2010 as 10:15

A Polícia peruana descobriu uma nova modalidade para tentar colar nos exames de admissão nas universidades: um aparelho bluetooth escondido em uma borracha para pegar as respostas da prova, informou neste domingo (22) a imprensa local.

Agentes da Direção de Investigação Criminal (Dirincri) da Polícia detiveram o suposto líder do grupo criminoso chamado de "Os Acadêmicos", Pedro Ávila, que tentou fazer um grupo de dez jovens entrar na Universidade de Callao durante exame de admissão realizado em 25 de julho, segundo o jornal popular "Ojo".

"São entregues uma prova e um lápis para fazer o exame. Este criminoso recebeu uma prova igual, e escondeu o bluetooth, por onde ditava as respostas aos candidatos", disse um dos chefes policiais, Pedro Carbonel, em declarações citadas pelo jornal.

O grupo comercializava os dispositivos a preços que oscilavam entre US$ 800 e US$ 1000 (R$ 1.400 e R$ 1.750)

Postado por: Thatiane de Souza

veja também