MENU

China inaugura centro de pesquisa para segurança em mina de carvão

China inaugura centro de pesquisa para segurança em mina de carvão

Atualizado: Terça-feira, 18 Janeiro de 2011 as 2:52

Um centro de pesquisa para desenvolver em dois anos alertas por radar que evitem acidentes nas minas de carvão foi inaugurado na província nordeste chinesa de Heilongjiang, informou nesta terça-feira o jornal "Global Times".  

Situado em Harbin, o Centro de Desenvolvimento e de Pesquisa Técnica foi criado em parceria com o Instituto Chinês de Pesquisa da Propagação de Ondas de Rádio (CRIRWP, na sigla em inglês), uma empresa de tecnologia local e a maior companhia mineira da província, Longmei Mining Group (LMG).

A tecnologia de radar aplica técnicas de penetração em terra, uma das modalidades de prospecção geográficas mais avançadas do mundo para identificar os perigos potenciais nas minas de carvão, disse o chefe do CRIRWP, Dong Qingsheng.

O radar identificará as falhas geográficas e cinturões permeáveis, em caso de um potencial vazamento de gás metano e de inundações nas minas de carvão, com o objetivo de alertar perante qualquer perigo.

Na China, os acidentes nas minas de carvão são muito frequentes e em 2009, segundo dados da Administração de Segurança de Minas de Carvão, 2.631 mineiros morreram nos poços de carvão.

O caso mais grave dos últimos anos aconteceu em 2009 na cidade de Hegang, na província de Heilongjiang, onde está o centro de pesquisa, e deixou 108 mortos por causa de uma explosão.

Devido à precariedade das medidas de segurança, as minas de carvão chinesas são as mais perigosas do mundo, onde o carvão é a principal fonte de energia já que supõe mais de dois terços do consumo total de combustíveis.    

veja também