MENU

Computadores do Pentágono foram usados para baixar conteúdo pedófilo

Computadores do Pentágono foram usados para baixar conteúdo pedófilo

Atualizado: Terça-feira, 27 Julho de 2010 as 11:27

Funcionários do Pentágono, sede do Departamento de Defesa norte-americano, teriam comprado e baixado arquivos com conteúdo de pornografia infantil, algumas vezes utilizando computadores do governo, segundo uma investigação federal que já dura anos e cujos relatórios foram divulgados na última sexta-feira (23) O número de funcionários envolvidos na acusação não consta das páginas do documento que se tornaram públicas, mas o jornal Boston Globe fala em "várias dezenas". Entre eles estariam servidores que lidam com alguns dos trabalhos mais sensíveis em inteligência e defesa, como empregados da Agência de Segurança Nacional, o Instituto Nacional de Reconhecimento, e a Agência de Projetos de Pesquisa Avançados de Defesa.

Conforme o Boston Globe, que teve acesso aos relatórios da investigação, alguns dos investigados foram processados enquanto outros tiveram as acusações retiradas por falta de provas. Muitos casos, por sua vez, seguem sob investigação há vários anos sem solução. O documento do governo diz que os funcionários puseram em perigo o Departamento de Defesa, o Exército e a segurança nacional ao pôr em risco sistemas informáticos, instalações militares e autorizações de segurança. O inquérito faz parte de uma investigação maior, iniciada em 2007 e que já identificou mais de 5 mil pessoas que tiveram acesso a sites pedófilos.

Comprar materiais de pornografia infantil é crime nos Estados Unidos e o acesso a conteúdo pedófilo em um computador do governo representa também uma violação das leis sobre o uso de propriedade pública.

veja também