MENU

Conheça as marcas de smartphones mais populares no Brasil

Conheça as marcas de smartphones mais populares no Brasil

Atualizado: Segunda-feira, 27 Setembro de 2010 as 1:36

O mercado brasileiro de celulares ainda é uma pequena fração do mercado global de celulares que, segundo o Gartner, terminou o segundo trimestre de 2010 com 325,6 milhões de unidades vendidas. No caso dos smartphones, a situação é a mesma: no Brasil, foram vendidos 1,06 milhão de smartphones no mesmo período contra 61,8 milhões no mundo todo. Apesar disso, os fabricantes desses aparelhos brigam para se consolidar no mercado. Para isso, eles trazem cada vez mais rápido os modelos mais avançados lançados no exterior. Confira abaixo o ranking dos cinco maiores fabricantes de smartphones no Brasil segundo a consultoria Gartner e quais novidades eles guardam para os próximos meses:

1º lugar – Nokia

Maior fabricante de celulares em todo o mundo, a Nokia também aparece na primeira posição entre as maiores fabricantes de smartphones localizada no Brasil. A empresa oferece modelos de aparelhos com três sistemas operacionais diferentes: Symbian, presente em 54,9% dos celulares vendidos no Brasil, Maemo e MeeGo, um sistema operacional aberto desenvolvido em conjunto pela Nokia e Intel. O usuário pode baixar aplicativos compatíveis com todas essas plataformas a partir da Ovi Store, loja de aplicativos da Nokia.

Segundo Marcelo Gonçalves, gerente de produtos da Nokia, até o final do ano um novo smartphone chegará ao Brasil. O N8 tem tela sensível ao toque de 3,5 polegadas, câmera de 12 megapixels e permite fazer upload de fotos direto para redes sociais, além de rodar a nova versão do sistema operacional, o Symbian 3. Além desse aparelho, em agosto a Nokia lançou o N900 no País, que vem com sistema operacional Maemo. Ele vem com teclado Qwerty e tem câmera de 5 polegadas. O preço sugerido é de R$ 1.699.

2º lugar – RIM

A maior parte dos usuários de BlackBerry no Brasil são executivos de empresas, mas a RIM está tentando mudar a imagem de “smartphone corporativo”, diz Elia San Miguel, analista de telecomunicações do Gartner. “Eles ainda não tem um sistema operacional com o apelo do iPhone ou Android.” O grande número de usuários corporativos, contudo, rendeu à RIM a segunda posição do ranking, com 22,1% do mercado.

O modelo de smartphone fabricado pela RIM mais aguardado atualmente é o Torch 9800. Ele foi lançado no início de agosto nos Estados Unidos e virá com a nova versão do sistema operacional da marca, o BlackBerry OS 6. O Torch possui tela sensível ao toque de 3,2 polegadas, câmera de 5 megapixels e permite instalar aplicativos baixados da BlackBerry App World. Só está disponível nos Estados Unidos, por US$ 199 e contrato de dois anos com a operadora.

3º lugar – Apple

No Brasil, os consumidores encontram o iPhone, único smartphone da Apple, ainda em três versões: a 3G, 3GS e o recém-lançado iPhone 4. A versão mais recente do aparelho chegou ao Brasil este mês , depois de enfrentar polêmica nos Estados Unidos por causa de falhas na antena . Atualmente, a Apple possui 8,5% do mercado brasileiro de smartphones. Os usuário podem baixar aplicativos (pagos ou não) por meio da App Store.

Além de medir 24% menos que a versão 3GS, o iPhone 4 é feito de vidro ultraresistente e possui um anel de metal que envolve as laterais do aparelho , que também funciona como antena para Bluetooth, Wi-Fi e rede celular 3G. No Brasil, o aparelho desbloqueado chega em dois modelos: com 16 GB, custa R$ 1.799; e com 32 GB, R$ 2.099. O preço pode variar de acordo com o subsídio oferecido pelas operadoras.

4º lugar – Motorola

A empresa já lançou sete modelos de smartphones no País, sendo quatro deles com sistema operacional Android, desenvolvido pelo Google. A maior parte dos aparelhos possui tela sensível ao toque, permite receber e-mails e acessar redes sociais, câmeras fotográficas com alta resolução e vem com o serviço Motoblur, que centraliza todos os contatos do usuário (sejam telefones, e-mails ou em redes sociais) em uma interface única de contato.

Os usuários podem baixar aplicativos por meio do Android Market, a loja de aplicativos do Google, que já oferece mais de 60 mil aplicativos. A empresa disponibilizou a atualização para o Android 2.2 , ou Froyo, apenas para um aparelho, o Milestone. Usuários dos aparelhos Backflip, Quench e Dext continuam com a versão 1.5 do Android devido a limitações de hardware, segundo o fabricante.

5º lugar – Samsung

A Samsung também aposta no Android, do Google, e por isso criou uma linha de smartphones chamada Galaxy. O Galaxy S , smartphone mais avançado lançado este mês no Brasil, possui tela de quatro polegadas com tecnologia AMOLED, processador de 1 GHz, versão 2.1 do Android (com upgrade para 2.2 em breve) e TV digital, recurso desenvolvido exclusivamente para o Brasil. O aparelho desbloqueado custa R$ 2.399.

O fabricante também mantém uma linha de smartphones com sistema operacional próprio, chamado Bada. O primeiro celular com esse sistema operacional, o Wave S8500 , chegou ao Brasil há pouco tempo e, como o Galaxy S, possui tela AMOLED de 3,3 polegadas. Por usar sistema operacional próprio, a loja virtual da Samsung ainda oferece poucos aplicativos: cerca de 400.

Postado por: Guilherme Pilão

veja também