MENU

Conselho diz que empregado pode falar mal de empresa no Facebook

Conselho diz que empregado pode falar mal de empresa no Facebook

Atualizado: Quarta-feira, 9 Fevereiro de 2011 as 11:38

O Conselho Nacional de Relações do Trabalho dos Estados Unidos entrou com uma ação contra uma empresa americana de ambulâncias que demitiu uma funcionária por ter criticado o chefe no Facebook.

Segundo o Conselho, a política da empresa de proibir qualquer crítica feita por funcionários na internet infringe os direitos dos trabalhadores de liberdade de expressão. O Conselho afirma que a regra da companhia interfere no direito do empregado de discutir salário e condições de trabalho com os colegas.

“Essa ação, certamente, é uma mensagem às empresas sobre como o conselho vê que a lei deve ser aplicada”, disse um diretor regional do conselho.

Em um acordo estabelecido na segunda-feira (7), a companhia concordou em rever sua política para que ela não possa mais demitir ou disciplinar funcionários que discutem salário e condições quando não estão no trabalho. Um acordo financeiro também foi estabelecido entre a funcionária, Dawnmarie Souza, e a companhia.

Segundo sites americanos, espera-se que o acordo abra um importante precedente para brigas futuras entre funcionários e empresas.    

veja também