MENU

Dois homens são acusados por posse e venda de protótipo de iPhone 4

Dois homens são acusados por posse e venda de protótipo de iPhone 4

Atualizado: Sexta-feira, 2 Setembro de 2011 as 2:45

iPhone 4, da Apple, cujo protótipo foi encontrado em

um bar da Califórnia no ano passado

(Foto: Robert Galbraith/Reuters)

  Dois homens da Califórnia foram acusados formalmente pela venda de um iPhone 4 encontrado no ano passado em um bar.

O "San Jose Mercury News" informa que os advogados dos acusados Brian Hogan, 22, e Sage Wallower, 28, entraram com um apelo em que afirmam que seus clientes são inocentes na quinta-feira (1º). Hogan e Wallower não participaram da audiência.

Os dois são acusados de apropriação indevida de bens perdidos, mas Wallower também responde por posse de bens perdidos.

O protótipo do iPhone foi encontrado em um bar em Redwood City, na Califórnia, em março de 2010. A acusação afirma que Hogan vendeu o aparelho ao site Gizmodo.com por US$ 5 mil. Steve Jobs, então executivo-chefe da Apple , cuidou da questão pessoalmente para recuperar o smartphone.

Os blogueiros do Gizmodo não foram acusados.          

veja também