MENU

Ensine seu filho a usar a internet com responsabilidade

Ensine seu filho a usar a internet com responsabilidade

Atualizado: Sexta-feira, 26 Dezembro de 2008 as 12

Cada vez mais as crianças acessam a internet em busca de informações, jogos, músicas, vídeos, fóruns, chats, blogs. Mas os pais precisam colocar limites tanto para garantir tempo para outras atividades educativas e recreativas, como para proteger os filhos de conteúdos inadequados para a idade deles ou perigosos.

Estes conselhos o ajudarão a ensinar as crianças a usar de forma responsável e consciente essa ferramenta tão poderosa:

1- Estabeleça horários para usar a internet, defina o tempo máximo de conexão e o que pode ser acessado. É importante ter um adulto por perto para fazer a criança cumprir o combinado.

2- Sente-se com a criança na frente do computador e participe ativamente da navegação. Assim você poderá orientá-la para navegar com segurança e evitar que assimile hábitos prejudiciais.

3- Não ameace impedir o acesso à internet se a criança não se comportar como foi combinado.

4- Ajude-a a desenvolver o senso crítico para não acreditar em tudo o que vê ou lê.

5- Não permita que a criança relacione-se ou se encontre, mesmo que virtualmente, com pessoas que você não conhece. Explique que há pessoas mal-intencionadas que aproveitam-se do anonimato para enganar os outros e tirar vantagem. Cheque as listas de amigos e tenha certeza de que os contatos são pessoas confiáveis. 

6- Faça a criança entender que não deve informar dados pessoais pela internet: nomes, endereços, telefones, números de cartões de crédito, horários da família, nome da escola, dados sobre si mesma ou parentes.

7- Recomende o uso de apelidos ou pseudônimos. Peça que seu filho não publique fotos dele ou da família, a fim de garantir a privacidade e a segurança de todos. Lembre à criança que "nicknames" dela serão sua carta de apresentação, portanto não devem ser ofensivos, mal-intencionados, pejorativos ou ter duplo sentido, mesmo que ela ainda entenda.

8- Ensine seu filho a não responder a conteúdos ofensivos ou inapropriados e explique o risco de acessar mensagens ou links que não foram avaliados por você. Se estiver por perto, analise a situação com a criança, explicando os seus critérios.

9- Instale no seu computador um programa de segurança para bloquear o acesso a sites inapropriados. Os critérios são claros sobre o tipo de site a ser bloqueado: violência, vocabulário indecente, sexo, entre outros.

10- Se todas as pessoas da casa usam o mesmo computador, seja muito cuidadoso com o seu uso da internet.

Canalize a curiosidade dos seus filhos sem reprimi-la. Não assuste as crianças falando dos perigos da internet. Direcione esforços para desenvolver nelas um senso crítico com responsabilidade e o cuidado consigo mesmas.

veja também