MENU

Especialista culpa Facebook por casos de sífilis na Inglaterra

Especialista culpa Facebook por casos de sífilis na Inglaterra

Atualizado: Quinta-feira, 25 Março de 2010 as 12

Especialistas em saúde do Reino Unido apontam o Facebook como um dos principais responsáveis pelos casos de sífilis nas cidades de Teesside, Durham e Sunderland terem quadruplicado recentemente, de acordo com reportagens publicadas nesta quarta-feira pelos principais jornais britânicos.  

De acordo com o "Telegraph" e o "Sun", o diretor de Saúde Pública de Tesside, Peter Kelly, informou sobre pesquisa que aponta para sites como o Facebook que "tornam mais fáceis os encontros para sexo casual entre as pessoas", e que nos casos de sífilis que ele viu, "várias das pessoas conheceram parceiros sexuais através desses sites".  

Ainda de acordo com o "Telegraph", apesar de a ligação entre o Facebook e doenças sexualmente transmissíveis ser um tanto "forçada", "os jovens em Sunderland, Durham e Teesside foram 25% mais propensos a se registrar em redes sociais do que os do resto da Grã-Bretanha".  

Mas, segundo o "Guardian", a porta-voz de Kelly negou que o diretor tenha dado essas declarações relacionando redes sociais com o aumento de DSTs entre a juventude britânica, acrescentando que a pesquisa foi baseada em apenas 30 casos.

veja também