MENU

Espectadores dos EUA preferem não ter televisão 3D

Espectadores dos EUA preferem não ter televisão 3D

Atualizado: Terça-feira, 14 Setembro de 2010 as 10:52

Os consumidores norte-americanos apreciam a sensação de imersão que a televisão em 3D propicia, mas não gostam de ter de usar óculos especiais, porque isso restringe sua capacidade de realizar outras tarefas em casa, de acordo com um relatório norte-americano sobre as atitudes com relação à grande novidade televisiva.

O alto custo e a falta de conteúdo em 3D também estão entre os fatores que levam os norte-americanos a hesitar na compra da geração mais recente de televisores 3D, de acordo com relatório da Nielsen e da Cable and Telecommunications Association for Marketing.

Mas embora os custos devam cair e o conteúdo disponível aumentar ao longo do tempo, o incômodo quanto ao uso dos óculos 3D pode se provar uma barreira mais séria à adoção em massa de televisores 3D, afirma o relatório divulgado na quinta-feira (9).

As vendas de televisores 3D devem ganhar corpo nos próximos 12 meses, com fabricantes como Samsung, Sony, Panasonic e LG lançando novos modelos. Redes de esportes como a ESPN lançaram seus primeiros canais em 3D durante a Copa do Mundo deste ano.

Mas cerca de 89% dos entrevistados para o relatório "Focusing on the 3DTV Experience" acreditam que os óculos especiais atrapalhariam as demais atividades a que se dedicam enquanto assistem TV.

Mais da metade deles disseram que os óculos são "um incômodo", e 57% disseram que "não era provável" que adquirissem um televisor 3D por esse motivo, constatou a pesquisa.

Os 425 participantes selecionados aleatoriamente assistiram a 30 minutos de programação de TV 3D em um ambiente doméstico.

Ainda que 57% dos participantes tenham concordado em que assistir TV em 3D fazia com que se sentissem parte da ação, 77% afirmaram acreditar que a tecnologia serviria melhor a eventos especiais como esportes ou filmes, e não ao uso cotidiano.

Frank Stagliano, da Nielsen, disse que a pesquisa revela que os norte-americanos estão "esperando para ver".

"De fato, o interesse pela compra de TVs 3D entre as pessoas que planejam comprar um novo televisor nos próximos 12 meses caiu depois que viram uma demonstração da tecnologia, experimentaram os óculos e receberam mais informações sobre o custo dos produtos," disse Stagliano.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também