MENU

Expedição irá mostrar a real infraestrutura de Telecom no país

Expedição irá mostrar a real infraestrutura de Telecom no país

Atualizado: Terça-feira, 13 Setembro de 2011 as 12:59

Qual será a realidade da infraestrutura de Telecom no Brasil? Para responder a pergunta, a distribuidora WDC Networks uniu-se à Abranet para realizar uma expedição que rodará por todas as regiões do Brasil e mapeará a realidade de como o brasileiro acessa a internet.

A expedição, que teve o seu lançamento oficial realizado durante a Futurecon, tem como objetivo visitar 100 cidades em todas as regiões, umas que serão beneficiadas com a implantação do PNBL através da Telebrás, e outras que são as cidades que mais crescem no país.

Segundo o presidente da WDC Networks, Vanderlei Rigatieri, visitando essas regiões e tendo como pontos de apoio os provedores de internet via rádio e as empresas de vigilância eletrônica de cada região, o intuito é traçar uma radiografia real da situação da banda larga no Brasil e chamar a atenção para a importância estratégica do projeto. “Pretendemos colher resultados, criar um banco de dados e armazenar esse conhecimento para expor a realidade da infraestrutura de Telecom do nosso país. Para os patrocinadores será uma experiência incrível de conhecimento, para o mercado e o governo será uma forma de identificar e registrar a situação”, explica.

“Não sabemos o que vamos encontrar, mas queremos mostrar como os pequenos provedores são importantes na massificação da internet. Hoje já são mais de dois mil provedores cadastrados na Anatel, e muitos deles não estão nos grandes centros, estão no interior. Precisamos saber qual é essa realidade”, diz Eduardo Neger, presidente da Abranet. O projeto tem como patrocinadores as empresas Abranet, Telebrás, Remin, Sony, Samsung, Fiber Homne, Ubiquiti, Pelco, Nuuo, Radiomaxbr, e Grandstream. Para se ter idéia de sua dimensão, somente a Telebrás investiu entre R$ 50 mil e R$ 100 mil na expedição.

Em cada visita, a WDC e seus patrocinadores pretendem mobilizar a comunidade local, os empresários, as autoridades e a mídia para que entendam a importância de se ter o acesso banda-larga de qualidade e os benefícios desse serviço para a população.

Nos pontos de parada também serão promovidos os produtos e as empresas patrocinadoras.           Por: Luciana Robles  

veja também