MENU

Facebook não quer empresas com nomes similares ao seu

Facebook não quer empresas com nomes similares ao seu

Atualizado: Quinta-feira, 2 Dezembro de 2010 as 12:15

O Facebook começou uma operação visando empresas que têm nome ou desenvolvem produtos que façam algum tipo de menção à rede social. E o alvo da vez é a companhia checa Candytech, que foi instada a mudar o nome de uma ferramenta, batizada de Facebakers.

A Canditech é uma agência de marketing e que trabalha como consultora de desenvolvimento de produtos para o próprio Facebook. E o Facebakers, uma solução para análise de estatísticas, passará a se chamar Socialbakers.

Jan Rezab, co-fundador da Candytech, não se opôs à mudança do nome e reconheceu que seu produto poderia ser confundido facilmente com um dos serviços do próprio Facebook. Ainda assim, ele assegurou que contou com a colaboração da rede de Mark Zuckerberg para alterar a alcunha da ferramenta.

Alguns meses atrás, o Facebook não se mostrou tão compreensivo. A empresa processou um portal de pornografia e uma rede social de professores, que se chamavam Faceporn e Teachbook, respectivamente. Na ação, ele acusou ambas de fazer uso indevido de seu nome, bem como de plagiar sua identidade visual.

Recentemente, o Facebook conseguiu registrar no órgão de patentes dos EUA a marca “Face” como sendo de sua propriedade para qualquer produto que se encaixe na categoria de serviços ou produtos relacionados à Internet.

veja também