MENU

Fazendeiro que cria robôs é atração da Exposição Universal de Xangai

Fazendeiro que cria robôs é atração da Exposição Universal de Xangai

Atualizado: Quinta-feira, 22 Abril de 2010 as 12

Um fazendeiro chinês que há 24 anos constrói robôs usando ferro velho se prepara agora para alcançar fama mundial com suas criações. Ele vai apresentar seus 47 robôs na Exposição Universal de Xangai, que vai de maio a outubro deste ano.

Wu Yulu, de 49 anos, vive nos subúrbios de Pequim e tornou-se conhecido na China com seus robôs, construídos com pedaços de ferro, lata, parafusos e fios. São máquinas que desenvolvem funções variadas, como acender um isqueiro, servir chá, fazer massagem e levar humanos para um passeio.

Wu criou o primeiro robô em 1986 e desde então passou a atrair a atenção dos chineses, curiosos com seus autômatos. Segundo ele, a primeira ideia era criar máquinas capazes de automatizar algumas funções na fazenda, tornando sua vida um pouco mais confortável. Ele transformou sua bicicleta em uma máquina descascadora de sementes. Outro robô é capaz de cortar a carne em pedacinhos, facilitando a vida de quem tem de cozinhar.

O fazendeiro, que só conta com o nível elementar de educação, admite que a obsessão se tornou um peso para a família. Sua mulher já ameaçou pedir o divórcio depois que ele gastou todo o dinheiro que tinha para montar seus robôs. Em uma das experiências, ele acabou pondo fogo na casa – e foi obrigado a reconstruí-la depois.

Agora que Wu foi confirmado como uma das atrações da Exposição Universal de Xangai, ele espera que suas "crianças" (como chama os robôs) recebam o devido reconhecimento. "Eu vou representar os fazendeiros, o que é uma grande honra para mim", ele contou a agências de notícias.

"Eu quero criar robôs que possam ajudar mais os humanos", disse. O fazendeiro adiantou ainda, que deve visitar o Reino Unido também para mostrar suas "crianças".

veja também