MENU

Feira apresenta smartphone mais potente que netbook

Feira apresenta smartphone mais potente que netbook

Atualizado: Terça-feira, 11 Janeiro de 2011 as 11:04

Antes da CES 2011 começar, um usuário do Twitter resumiu a feira em uma imagem que exibia o Android em diversos tamanhos e formatos. Como uma boa piada, essa tem lá seu pouquinho de verdade. O sistema operacional do Google foi a escolha de diversos fabricantes e apareceu em lançamentos de celulares e tablets de configurações variadas. Porém, em meio a tantos lançamentos, teve um que se destacou e foi considerado como uma das estrelas do evento: o Motorola Atrix. E já adiantamos: fama não veio por acaso. O novo smartphone da Motorola tem recursos e atrativos de sobra, chegando inclusive a tornar tênue a linha que separa smartphones dos netbooks, considerando suas configurações avançadas.

Dúvida? Então dê uma olhada em algumas especificações do aparelho que promete levar qualquer aficionado por tecnologia à loucura:

- 1 GB de memória RAM: para começar, o Atrix tem tanta memória RAM quanto o computador pessoal de muita gente. Se 1 GB de RAM já é razoável para um computador de mesa, imagine para um smartphone, dentro do seu bolso.

- Processador dual-core de 1GHZ: além de muita memória, o Motorola Atrix também tem poder de processamento acima da média. O smartphone está equipado com um processador NVIDIA Tegra 2 dual core de 1GHz, que promete tornar a navegação na internet muito mais rápida e possibilitar o desenvolvimento de jogos com gráficos excelentes.

- Câmera de 5 megapixels: a câmera principal do Atrix é capaz de tirar fotos com uma resolução de 2592 & - Display qHD de 4¿: a tela do novo smartphone, além de alcançar a incrível resolução de 540 x 960 pixels, é também touchscreen capacitiva, como a do iPhone. Com ela o usuário pode assistir a vídeos full HD (1080p) e usar o smartphone, sem problemas, tanto em ambientes internos quanto externos. O usuário também pode contar com a resistência do Gorilla Glass, que oferece mais durabilidade aos displays de dispositivos móveis. - Biometria: ter um smartphone é carregar parte da sua vida pessoal e virtual dentro do bolso. Por isso, um pouco a mais de segurança não parece nada ruim, certo? O Motorola Atrix possui um leitor biométrico capaz de reconhecer a impressão digital do dono.

- Bateria de 1930 mAh: com tantos recursos é essencial que a bateria do aparelho tenha uma boa duração. De acordo com os cálculos que circulam pela internet, a bateria do Motorola Atrix é capaz de aguentar 9 horas de conversação ou 250 horas em stand-by. - O Motorola Atrix mede 11,78 cm x 6,35 cm x 1 cm. Nada mal se levarmos em conta o poder de fogo do aparelho, que pesa 136 gramas.

- Até 48 GB de armazenamento: embora o Atrix tenha 16 GB de memória interna, o usuário pode expandi-la para até 48 GB com o uso de um cartão microSD, capaz de armazenar milhares de fotos, vídeos e músicas. - Android OS 2.2: o smartphone sai de fábrica com o sistema Androido versão 2.2, lançado em maio de 2010 e baseado no kernel 2.6.32 do Linux. Destaque para o suporte do sistema ao Flash 10.1, que proporciona um aproveitamento melhor dos sites que usam a tecnologia da Adobe.

- Conectividade: 4G, Wi-Fi 802.11 b/g/n, GPRS, EDGE, Bluetooth 2.1 e porta microUSB 2.0. - Extras: porta HDMI; microfone com redução de ruído; bússola digital; suporte para os formatos MP3, WAV, WMA e eAAC+; capaz de reproduzir vídeos de até 1080p nos formatos MP4, H.263, H.264.WMV, Xvid e DivX; integração com MySpace, Twitter e Facebook; total compatibilidade com os serviços Google Search, Maps, Gmail, YouTube e Google Talk; comandos de voz; Adobe Flash player 10.1; editor de fotos e de documentos; rádio FM.

Para o deleite do público, as novidades não acabam por aí. Com os acessórios vendidos pela Motorola, o Atrix pode ser "transformado" em outros aparelhos, como laptops e centros de mídia.

Isso é possível através dos três modelos de docks anunciados até então. Ao acoplar o Atrix no HD Multimedia Dock, por exemplo, o usuário pode conectar o telefone a um monitor ou televisor HD, possibilitando que a imagem seja visualizada em uma tela maior. Além disso, também é possível usar periféricos, como teclados e mouses USB.

Já o Laptop Dock transforma o smartphone da Motorola em um laptop. Ao acoplar o Atrix no dock, o usuário pode usar uma tela LCD e um teclado QWERTY para navegar na internet e realizar outras operações através do telefone, como se estive em um laptop normal. Por ter uma espessura muito fina, o dock acaba se tornando um ótimo substituo aos netbooks.

Quem quiser também pode transformar o smartphone em um computador de bordo, acoplando-o ao Vehicle Dock. Assim que o Atrix reconhece o dock, ele apresenta uma nova interface, que facilita o acesso às aplicações para o motorista.

O lançamento do smartphone está previsto para o primeiro semestre nos Estados Unidos e a partir de abril para o Reino Unido.    

veja também