MENU

Fundador do Twitter nega oferta do JPMorgan

Fundador do Twitter nega oferta do JPMorgan

Atualizado: Sexta-feira, 4 Março de 2011 as 10:59

Durante um fórum de negócios realizado em Seul nesta quinta-feira (3), Biz Stone, um dos fundadores do Twitter, negou que o banco JPMorgan Chase esteja negociando a compra de 10% das ações da empresa por 450 milhões de dólares. Esse valor indicaria que o valor total de mercado da rede social é 4,5 bilhões de dólares.

Segundo Stone, o Twitter não planeja abrir capital em um futuro IPO, e nem precisa arrecadar fundos adicionais, pois está lucrando. “Temos muito mais a fazer antes de pensar nisso”, disse ele à Reuters. “Não estamos nem discutindo o assunto internamente. Está muito distante”.

Sobre a reportagem do Financial Times da semana passada, que indicava o plano de aquisição do Twitter por um fundo de tecnologia do JPMorgan, Stone disse que “foi inventada”.

Ainda em 2010, o Twitter anunciou ter capitado US$ 200 milhões em capital através do venture group Kleiner Perkins Caufield & Byers. Na ocasião, a empresa foi avaliada em US$ 3,7 bilhões. Em fevereiro, Marc Andreessen, co-fundador do Netscape, investiu 80 milhões de dólares na rede social.

As especulações de compra do Twitter surgem em um momento em que as redes sociais tornam-se cada vez mais rentáveis, competindo por usuários e verbas com grandes portais como Google e Microsoft, por exemplo.    

veja também