MENU

Hackers anti-Berlusconi bloqueiam acesso a site do governo italiano

Hackers anti-Berlusconi bloqueiam acesso a site do governo italiano

Atualizado: Segunda-feira, 7 Fevereiro de 2011 as 10:09

O site do governo italiano na internet foi alvo de ataques por parte de hackers no domingo, confirmou a polícia local. Os ataques ocorreram após adversários do primeiro-ministro Silvio Berlusconi afirmarem que iriam investir contra a página como protesto por conta de restrições à liberdade da mídia na Itália.

Berlusconi tem enfrentado protestos desde que promotores abriram uma investigação no último mês sobre festas realizadas em sua propriedade em Milão. Em uma delas, o premiê teria contratado os serviços de uma prostituta menor de 18 anos.

Acesso ao portal www.governo.it ficou indisponível durante a tarde deste domingo, no horário local. Os hackers responsáveis pelo ataque, e que se identificaram como "Anonymous Italy", criticaram posição do governo italiano divulgada em comunicado publicado pelo site Wikileaks. No despacho, datado do início de 2010, diplomatas americanos descrevem uma nova legislação italiana que permitiria ao governo "bloquear ou censurar qualquer conteúdo da internet".

O porta-voz do WikiLeaks, Julian Assange, afirmou em entrevista exibida na TV italiana neste domingo que o site vai publicar mais documentos relevantes sobre o governo Berlusconi.    

veja também