MENU

Hackers atacam sites do governo australiano para defender pornografia

Hackers atacam sites do governo australiano para defender pornografia

Atualizado: Quinta-feira, 11 Fevereiro de 2010 as 12

Um ataque realizado por hackers tirou do ar diversos sites do governo australiano nesta quarta-feira (10), em um protesto contra um plano para criação de um filtro contra pornografia na internet.

Os ataques, confirmados pelo Departamento de Promotoria Geral, afetaram o site do Parlamento australiano por quase uma hora, incluindo o departamento de comunicação, que está coordenando a implantação de um sistema que bloqueia o acesso a pornografia e conteúdo ofensivo. Deve ser montada uma lista com os sites banidos.

O grupo disse em um e-mail que "nenhum governo deveria ter o direito de recusar a seus cidadãos o acesso à informação somente porque a considera indesejada".

– O governo australiano aprenderá que ninguém mexe com a nossa pornografia.

A indústria do sexo australiana alega que filmes pornográficos estão sendo rejeitados por censores porque apresentam mulheres com seios pequenos, que podem ser confundidas com menores de idade, ou que parecem muito novas. Uma pesquisa divulgada nesta semana pela McNair Ingenuity Research mostrou que 80% dos mil entrevistados apoiam o plano do filtro, que é fortemente combatido por grupos defensores da liberdade de expressão.

As autoridades australianas dizem que os hackers não infiltraram a segurança do governo. Em vez disso, sobrecarregaram os servidores que hospedam os sites oficiais.

veja também