MENU

HP: "nosso tablet faz tudo que o iPad não faz"

HP: "nosso tablet faz tudo que o iPad não faz"

Atualizado: Terça-feira, 6 Abril de 2010 as 12

Assim como o iPod é para o mundo dos MP3 players e o iPhone é no mercado de smartphones, o iPad é o "tablet a ser vencido". Prova disso é que já começou a artilharia de fabricantes rivais.

A HP lançou um vídeo de 30 segundos no qual tenta demonstrar que seu futuro equipamento, o Slate tablet PC, irá superar o tablet da Apple, destacando justamente os pontos fracos do equipamento rival.

Com o Slate, a empresa pretende ter um tablet com todos os recursos adequados ao ambiente ao mercado corporativo e que seja realmente um substituto do notebook, o que não acontece com o iPad. Contra ela, há o fato de lançar o seu produto depois. Mas pode lucrar ao criar um equipamento que aprenda com os erros do iPad.

Confira os pontos nos quais o Slate pretende superar o iPad:

• Câmera / video - A câmera e sua capacidade de gravar e transmitir vídeos pode ser mais um item para o usuário final do que uma ferramenta corporativa, mas a videoconferência é um recurso importante para muitos executivos. A HP demonstra um chamada de vídeo em seu vídeo com o uso do Skype, o que indica que o dispositivo terá duas câmeras para isso.

• Portas USB -  A Apple é conhecida por criar uma impressionante experiência de uso, mas isso acontece em um hardware proprietário, sem porta USB interna. O produto da HP traz esse tipo de entrada, facilitando a conexão com dispositivos de armazenamento externo e outros equipamentos, como em um desktop.

• Entrada para cartão de memória - No iPad, a capacidade de armazenamento é a que vem com o seu equipamento. O Slate vai além, pois traz entrada para cartões de memória SD, facilitando a integração com dispositivos como câmeras.

• Adobe Flash – Tecnologia utilizada na maioria dos sites, o Flash não é visualizado no iPhone ou no iPad. A HP pode tirar vantagem dessa importante falha.

• Software – O HP Slate é um equipamento que tem como base o Windows 7. Por conta disso, você pode instalar o software que você já está acostumado (se você usa Windows, claro) ao invés de se limitar ao que a Apple "permite" que você baixa da App Store. Mas vale lembrar que há mais de 150 mil aplicativos disponíveis na loja online da Apple e que o jailbreak do iPad pode mudar esse cenário.

O iPad já é um sucesso, mas não há como negar que ele possui pontos fracos, que podem ser explorados pelos concorrentes.  Pelo menos até que o iPad 2.0 chegue às lojas para sacudir o mercado novamente...

veja também