MENU

Internet supera revistas em publicidade, diz levantamento

Internet supera revistas em publicidade, diz levantamento

Atualizado: Sexta-feira, 16 Abril de 2010 as 12

A internet se transformou em 2009 na terceira maior mídia em receita publicitária, passando, pela primeira vez, o segmento de revistas.

Dos mais de US$ 440 bilhões gastos em propaganda no mundo, US$ 55,4 bilhões (12,6%) foram para a internet, segundo levantamento da consultoria ZenithOptimedia, do grupo Publicis.

Em um ano em que as receitas publicitárias globais caíram 9,8%, a televisão foi a mídia que sofreu menos. A razão, de acordo com a ZenithOptimedia, é que em tempos de recessão as pessoas assistem mais televisão.

Os gastos com TV caíram 6,7%, mas a fatia do segmento no bolo subiu de 38,1% para 39,4%. Jornais e revistas sofreram mais, levando a problemas financeiros centenas de publicações nos países desenvolvidos. A fatia dos jornais, que era de 25,1% em 2008, caiu para 23,1%. Para as revistas, a queda foi de 11,6% para 10,3%.

Pelas projeções da ZenithOptimedia, jornais e revistas vão continuar perdendo participação para a internet nos próximos anos, com a web se aproximando dos jornais em 2012. A internet deve receber 17,1% das receitas publicitárias em 2012, e os jornais, 19,4%. A TV deve ter um leve crescimento, fechando 2012 em 40,6%.

Para este ano, a consultoria prevê um crescimento de 2,2% nos gastos com publicidade, para US$ 456 bilhões. Mas o número ainda é bem inferior aos US$ 494 bilhões gastos em 2008, volume que só será superado em 2012 (R$ 499 bilhões).

Com EUA, Europa e Japão ainda em declínio em gastos de publicidade -os três mercados juntos vão encolher 0,8%-, o crescimento em 2010 virá dos países emergentes, alta de 8,5%. A América Latina, que cresceu 0,4% em 2009, deve ver o gasto com publicidade subir 9,3%. Ásia/Pacífico, excluindo Japão, deve crescer 10%.

Por: Mariana Barbosa

veja também