MENU

iPad 2 chega a lojas de outros países depois de esgotar nos EUA

iPad 2 chega a lojas de outros países depois de esgotar nos EUA

Atualizado: Sexta-feira, 25 Março de 2011 as 2:08

Centenas de compradores formaram longas filas em frente a lojas da Apple nesta sexta-feira (25) para o lançamento internacional do iPad 2, que chegou na último dia 11 nos Estados Unidos.

Analistas estimam que cerca de 1 milhão de aparelhos podem ter sido vendidos no primeiro final de semana de comercialização nos EUA. A nova versão do tablet da Apple está mais fina e mais rápida e possui duas câmeras para bate-papo em vídeo.     O iPad 2 chegou nesta sexta-feira (25) nos seguintes países: Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, República Checa, Dinamarca, Alemanha, França, Finlândia, Grécia, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Luxemburgo, México, Noruega, Nova Zelândia, Holanda, Polônia, Portugal, Espanha, Suécia e Suíça.     “Fantástico, minha irmã vai adorar”, disse Alex Lee, um mochileiro canadense que tinha em mãos um iPad 2. Ele ocupava o primeiro lugar na fila formada duas noites antes diante da loja da Apple no centro financeiro de Sydney. “Não fosse o iPad, eu não estaria na Austrália hoje”, disse Lee, que já tinha comprado um iPad 2 nos EUA. “É como um hábito. Também entrei na fila para comprar o iPhone em Londres”.

O presidente-executivo da Apple, Steve Jobs, declarou na terça-feira que a empresa estava “trabalhando com dedicação para produzir iPads para todos”, numa reação aos problemas que vem sendo encontrados para atender a demanda norte-americana.

O primeiro iPad, que chegou ao mercado um ano atrás, vendeu 500 mil unidades na primeira semana e chegou à marca do milhão em 28 dias. Quase 15 milhões de iPads foram vendidos em nove meses, em 2010, duas ou três vezes mais que os analistas haviam previsto. Para o iPad 2, analistas preveem vendas de 30 milhões de unidades em 2011, o que deve gerar um faturamento de US$ 20 bilhões.

Na Ásia, o iPad 2 estará oficialmente disponível em Hong Kong, Coreia do Sul, Cingapura e outros países a partir de abril.

veja também