MENU

Justiça condena Google a vigiar usuários do Orkut

Justiça condena Google a vigiar usuários do Orkut

Atualizado: Quinta-feira, 30 Junho de 2011 as 2:15

    A Justiça do Rio de Janeiro condenou o Google a aumentar o controle contra apologia a crimes na rede social Orkut. O objetivo é evitar a prática de pedofilia e o agendamento de brigas entre torcidas organizadas, entre outros crimes.

De acordo com a decisão da Juíza Simone Lopes da Costa, a empresa será obrigada a criar "sistemas aptos a identificar existência de perfis, comunidades ou páginas dedicados à pedofilia" e à apologia ao crime, inclusive de marcação de brigas entre torcidas de futebol. As informações são do jornal O Globo.

A juíza também determinou que o Google crie um canal de comunicação para que os usuários possam denunciar a prática de bullying online em perfis e comunidades. O Google ainda terá de guardar o endereço IP dos usuários que criarem qualquer comunidade na rede social, além dos registros de acessos a elas.

Por último, o Google terá de reportar, ao estado, toda atividade considerada suspeita dentro da rede social, além de oferecer ao governo meios para investigar os crimes. A O Globo, o Google afirmou que irá analisar a decisão assim que for notificado para decidir se acata ou recorre do processo. O prazo para implementar as medidas é de 120 dias, com multa de R$ 50 mil por dia de atraso.          

veja também