MENU

Lançada interface acionada por gestos, tipo Minority Report

Lançada interface acionada por gestos, tipo Minority Report

Atualizado: Quinta-feira, 19 Junho de 2008 as 12

Pesquisadores da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveram uma interface de computador que é acionada à distância, sem nem mesmo tocar em uma tela. A interface é semelhante ao conceito sugerido no filme Minority Report, de Steven Spielberg.

Os médicos podem manipular as imagens digitais - fazendo-as girar e ampliando determinadas áreas ou selecionando novas imagens - apenas com gestos feitos no ar, sem necessidade de qualquer contato físico com o equipamento.

Telas sensíveis ao toque, teclados ou mouses não são adequados para uso em hospitais porque comprometem a esterilização e podem ser canais de disseminação de infecções. Sistemas como os utilizados no Wii também são inadequados pelo mesmo motivo.

"Uma interface homem-máquina estéril é de suprema importância porque é um meio pelo qual o cirurgião controla as informações médicas, evitando a contaminação do paciente, da sala de cirurgia e dos outros cirurgiões," afirma o coordenador da pesquisa, Dr. Juan P. Wachs.

O sistema de reconhecimento de gestos manuais, batizado de Gestix, funciona em duas etapas: inicialmente a máquina reconhece o cirurgião, localiza e rastreia os gestos de suas mãos. Na segunda etapa, os cirurgiões devem aprender a fazer oito gestos de navegação definidos para manipular o sistema.

Existe também uma área neutra, permitindo que os médicos baixem as mãos sem que o sistema continua a rastreá-las.

Todo o sistema foi baseado em equipamentos disponíveis comercialmente, como um computador PC comum, uma câmera Canon VC-C4 e um sistema de captura de imagens digitais Matrox.

veja também