MENU

Lançamento do iPad 2 estimula novos Tablets 2.0

Lançamento do iPad 2 estimula novos Tablets 2.0

Atualizado: Sexta-feira, 4 Março de 2011 as 10:56

O mercado global de tablets apresentou as maiores taxas de crescimento de hardware de TI em 2010. Seguindo essa tendência de mercado, quase 100 novos equipamentos deste tipo foram lançados em 2011. O número destes dispositivos em circulação no Brasil em 2010 representava aproximadamente 0,5% do total vendido globalmente e mais de 85% destes aparelhos foram comprados fora do país.

O aguardado lançamento do primeiro trimestre, a segunda versão do iPad da Apple, promete acirrar ainda mais a competitividade do mercado. Em 2010, o iPad detinha aproximadamente 90% do mercado mundial de tablets e esta fatia é ainda maior no Brasil.

As principais novas características do iPad 2 apresentado pela Apple nos EUA foram: câmera traseira e frontal para videoconferência, além de processador de dois núcleos e porta opcional HDMI (High-Definition Multimedia Interface) para transmissão de dados.

Além disso, o iPad 2 é 33% mais fino e leve e terá o mesmo preço de seu antecessor. Estudo recente da Frost & Sullivan apontou que a Apple continuará com participação elevada do mercado global de tablets neste ano e seguirá líder do mercado no curto e médio prazo.

O estudo também mencionou os principais impulsionadores dos tablets no Brasil em 2011, como a queda dos preços devido ao aumento da concorrência, os eventuais subsídios das operadores de telefonia, o crescimento da disponibilidade de conteúdo local para os equipamentos e o maior acesso à informação referente aos aparelhos.

"O mercado de tablets apresenta as curvas de adoção mais rápidas já vistas no segmento de TI e foi impulsionado, em grande parte, pelo lançamento do iPad em 2010. O novo iPad 2 inaugura a nova ‘onda’ de tablets. Esperamos crescimentos globais superiores a 150% em 2011," estima Fernando Belfort, analista sênior de mercado da empresa.    

veja também