LinkedIn tem prejuízo no 3º trimestre, mas eleva previsões para 2011

LinkedIn tem prejuízo no 3º trimestre, mas eleva previsões para 2011

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:22

LinkedIn, rede social profissional

(Foto: Reprodução) No seu segundo trimestre como empresa aberta, o LinkedIn registrou prejuízo mas elevou suas previsões para o fechado do ano.

A receita da rede profissional ficou em US$ 139,5 milhões, superando a previsão do mercado de US$ 127,6 milhões, um aumento de 126% em comparação com o mesmo período de 2010 (US$ 61,8 milhões).

Já o prejuízo foi de US$ 1,6 milhão, ou US$ 0,02 por ação, inferior à perda líquida de US$ 4 milhões um ano antes. O desempenho do LinkedIn é acompanhado pelo mercado como um indicador do desempenho de outras empresas de internet.

A rede de contatos profissionais tem hoje 131,2 milhões de usuários, um aumento de 63% em comparação com o terceiro trimestre de 2010. Conforme a comScore, a média de visitantes únicos do LinkedIn é de 87,6 milhões por mês, um aumento de 64% em relação a um ano atrás.

A companhia, que abriu capital em maio , anunciou na noite de quinta-feira (3) que espera apurar Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) anual entre US$ 83 milhões e US$ 85 milhões, e receita de US$ 508 milhões a US$ 512 milhões. Anteriormente, a estimativa era de Ebitda ajustado no ano de US$ 65 milhões a US$ 70 milhões, e receita entre US$ 475 milhões e US$ 485 milhões.     

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições