MENU

Lucro da Oi dispara, mas receita diminui

Lucro da Oi dispara, mas receita diminui

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 2:23

Em banda larga, o número de clientes subiu 4,4 por cento contra setembro de 2009, para 4,3 milhões de assinantes, e em TV por assinatura cresceu quase 2,5 vezes, para 280 mil usuários.   O grupo de telefonia teve no último trimestre Ebitda - sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação - de 2,7 bilhões de reais, alta de 1,7 por cento contra igual intervalo de 2009.

A margem Ebitda foi de 37 por cento no último trimestre, a maior do grupo desde a aquisição da Brasil Telecom, segundo Zornig. No segundo trimestre a margem Ebitda ficou em 36,2 por cento e um ano atrás em 35,3 por cento.

A dívida líquida no encerramento de setembro estava em 19,3 bilhões de reais, queda de 8,6 por cento contra um ano antes. A relação entre Ebitda e líquida dívida estava em 1,9 vez em setembro.

Em julho, a Oi anunciou acordo para entrada da Portugal Telecom, ex-sócia da operadora móvel Vivo no Brasil. A aliança prevê que o grupo português terá uma participação final, direta e indireta, de pouco mais de 20 por cento no grupo Oi, que por sua vez terá 10 por cento do capital da sócia estrangeira.

A operação prevê aumentos de capital de capital da Telemar Participações e da Tele Norte Leste, ambas do grupo Oi, no valor de 12 bilhões de reais cada, com a Portugal Telecom subscrevendo parte das novas ações a serem emitidas.

O diretor financeiro da Oi prevê que os aumentos de capital serão concluídos até o final do primeiro trimestre de 2011.    

veja também