MENU

Microsoft bloqueia 600 mil contas de jogadores em sua rede on-line

Microsoft bloqueia 600 mil contas de jogadores em sua rede on-line

Atualizado: Quinta-feira, 12 Novembro de 2009 as 12

Os donos de consoles Xbox 360 modificados, que rodam jogos piratas, podem estar com os dias contados. A Microsoft está banindo esses usuários da rede Xbox Live e, entre os meses de outubro e novembro deste ano, bloqueou o acesso de 600 mil jogadores. Estima-se, no entanto, que o número ultrapasse 1 milhão de contas banidas em todo o mundo.

O banimento é feito apenas aos jogadores que possuem um Xbox 360 modificado e que se conectam à rede do videogame para jogar títulos piratas on-line. Consumidores que tem o console ''destravado'', mas não jogam games on-line não terão contas bloqueadas.

A empresa disse em um comunicado oficial que ''todos os consumidores deveriam saber que pirataria é ilegal e que modificar seu Xbox 360 para rodar games piratas no videogame viola os termos de uso da rede Xbox Live, perde a garantia do aparelho e resulta no banimento da rede on-line''. A Microsoft completa, informando que ''a saúde da indústria de games mundial de videogames depende de jogadores que paguem pelos seus jogos e serviços''.

Os jogadores que têm suas contas bloqueadas recebem uma mensagem que informa que a conta está banida até o dia 31 de dezembro de 9999, ou seja, o banimento é permanente. Entretanto, há jogadores que usam chips para desbloquear o aparelho para rodar programas não-oficiais, embora legais, no Xbox 360. A Microsoft informa que consegue identificar jogadores que usam este recurso para usar softwares dos que jogam games piratas.

A Microsoft Brasil não comenta o bloqueio das contas de usuários da Xbox Live porque o serviço não existe no País, embora jogadores brasileiros acessem a rede on-line e muitos já tiveram seu videogame bloqueado nesta ação da empresa.

Ameaça de morte

Alguns jogadores mais exaltados enviaram ameaças de morte para o funcionário da Microsoft responsável por banir as contas na Xbox Live. Stephen Tolouse declarou ao site teve seus dados pessoais publicados na internet e que ele está recebendo ameaças de muitos jogadores. Eles enviam e-mails e chegam a ligar para a casa de Toulouse.

Toulouse avisou que registrou todas as ameaças de morte dos jogadores, tanto telefônicas quanto na internet e que as encaminhou para a polícia.

veja também