MENU

Microsoft divulga números e provoca Apple

Microsoft divulga números e provoca Apple

Atualizado: Terça-feira, 29 Junho de 2010 as 11:10

Em post publicado no blog da Microsoft, o vice-presidente de comunicação Frank X. Shaw resolveu seguir o “modelo Apple” e divulgou uma porção de números sobre os produtos da Microsoft.  

Números favoráveis à empresa dele, claro. A idéia? Aparentemente, Shaw quis mostrar um lado mais colorido, digamos, da gigante Microsoft, que vem sofrendo com algumas notícias negativas e, de certa forma, com o sucesso da Apple.     “Como um cara de comunicação, geralmente me sinto mais confortável com as palavras. Mas, uma vez que a Microsoft é uma empresa conhecida pelos bons números, o Windows 7 Milestone me fez pensar sobre alguns outros números, também”, escreveu.

Okay, vamos aos números divulgados pelo Mr. Shaw...

150 milhões

Número de licenças vendidas do Windows 7, o que faz dele, de longe, o sistema operacional de crescimento mais rápido na história. A projeção é de que, neste ano, sejam comercializados 355 milhões de PCs e 58 milhões de netbooks.

E, para cutucar a Apple, lembrando o número “7”, do sistema da Microsoft, o porta-voz ressalta que são vendidas 7 cópias da última versão do Windows, por segundo. E aí dá um "destaquinho" para o produto da rival, lembrando o “7”, claro: a projeção de vendas do iPad para este ano é de 7,1 milhões de unidades.   700 mil

Número de estudantes, professores e funcionários que usam as ferramentas de produtividade em nuvem da Microsoft, em escolas públicas de Kentucky, a maior implantação dessa tecnologia nos EUA.

9 milhões

Número de downloads da versão beta do Office 2010 antes do lançamento.

21,4 milhões

Número de novos usuários do buscador Bing em um ano.

21,5 milhões

Número de smartphones da Nokia vendidos no primeiro trimestre, contra 8,8 milhões de iPhones no mesmo período, num universo de 55 milhões de telefones inteligentes comercializados em todo o mundo. Ou seja, o porcentual de vendas do produto da Apple é insignificante.

299 milhões

Número de contas ativas do serviço Windows Live Messenger, contra 173 milhões de usuários do Gmail, 284 milhões do Yahoo! Mail e 360 milhões do Hotmail.

US$ 14,5 bilhões

Lucro da Microsoft para o ano fiscal que se encerrado em junho do ano passado, contra US$ 8,2 bilhões da Apple (ano fiscal encerrado em setembro de 2009) e US $ 6,5 bi do Google (ano fiscal que encerrou-se em dezembro do ano passado).

Postado por: Cristiano Bitencourt

veja também