MENU

Microsoft lança versão do Office na 'nuvem' para empresas

Microsoft lança versão do Office na 'nuvem' para empresas

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 4:25

Steve Ballmer anunciou o Microsoft 365 para

as empresas em evento em Nova York

(Foto: Ray Stubblebine/Reuters)

  A Microsoft revelou nesta terça-feira (28) a versão do Office na "nuvem" voltada para o mercado corporativo. O Office 365 foi lançado em 38 países, mas o Brasil ainda está de fora. Segundo a assessoria de imprensa da companhia, o pacote deve chegar ao país na segunda “onda” de lançamentos.

A companhia está levando suas aplicações – incluindo o Outlook, para e-mails, o Excel, para planilhas, e o SharePoint, para ferramentas colaborativas – para um formato on-line, a fim de que consumidores possam usá-los em uma série de aparelhos com conexão à internet.

A gigante de softwares norte-americana quer recuperar o terreno perdido para o Google, que roubou uma pequena, mas preocupante, fatia de seus clientes corporativos com alternativas mais baratas e exclusivamente on-line, que eliminam a necessidade de as companhias gastarem tempo instalando softwares e gerenciando servidores.     A Micrososft lançou versões on-line de alguns programas do Office — principalmente do Outlook – para seus clientes corporativos por vários anos e, em 2010, revelou versões gratuitas para usuários domésticos individuais.

O presidente-executivo da empresa, Steve Ballmer, apresentou um novo pacote de produtos reformulado e modernizado, chamado coletivamente de Office 365, em um evento em Nova York nesta terça-feira (28), ressaltando que ferramentas incluídas para fazer conferências podem poupar dinheiro dos consumidores, especialmente para pequenos e médios negócios.

Hoje, o Brasil é um dos cinco maiores mercados do mundo em usuários do pacote on-line “Business Productivity Online Standard Suite” (BPOS). Lançado no mercado brasileiro em abril de 2010, o BPOS já foi adotado por mais de 1 mil empresas no país. Conforme a Microsoft, a melhor forma de se preparar para o Office 365 no futuro é começar com o BPOS agora.          

veja também