MENU

Namco Bandai concentrará desenvolvimento de jogos no Japão

Namco Bandai concentrará desenvolvimento de jogos no Japão

Atualizado: Sexta-feira, 17 Dezembro de 2010 as 11:11

A Namco Bandai, que no mês passado dispensou cerca de 90 funcionários de seus estúdios nos Estados Unidos, anunciou que deixará o desenvolvimento de novos títulos ao encargo de seus estúdios no Japão, devido à baixa renda de seus lançamentos para o mercado global deste ano.

"Descobrimos que a velocidade e qualidade de desenvolvimento dos nossos títulos feitos em estúdios fora do Japão é inferior," afirmou Shukuo Ishikawa, presidente da companhia. "Os estúdios estrangeiros podem continuar a propor e a desenvolver jogos, mas a nossa equipe no Japão vai controlar o processo mais de perto".  

A empresa volta a concentrar o desenvolvimento de seus novos projetos no oriente, mercado que detém 70% da receita da empresa. O fracasso de vários títulos focados no mercado ocidental de atingir a marca de um milhão de vendas, também contribui para a decisão. Jogos como "Clash of the Titans", para PlayStation 3 e Xbox 360, venderam apenas 250 mil unidades, menos da metade do objetivo da empresa que era de 700 mil cópias.  

Outros títulos que não tiveram boas performances foram "Dead to Rights: Retribution", e os mais recentes "Splatterhouse" e "Majin and the Forsaken Kingdom", que tinham expectativa de vendas acima de um milhão, e a empresa acabou baixando para cerca de 300 mil unidades.

No entanto, a companhia nipônica espera que em 2016, as vendas internacionais correspondam à metade de sua receita global.  

A Namco Bandai anunciou recentemente o jogo "Tales of Xillia", exclusivo para o PlayStation 3.    

veja também