MENU

NASA testa robôs lunares e novas roupas espaciais

NASA testa robôs lunares e novas roupas espaciais

Atualizado: Quarta-feira, 18 Junho de 2008 as 12

A NASA resolveu dar um banho de loja em suas roupas de astronautas e aprimorar o design dos seus jipes lunares. Além da Carruagem Lunar, a agência espacial norte-americana testou nas últimas semanas os conceitos mais promissores que poderão um dia ser levados de fato para o espaço.

Os testes foram feitos em uma área desértica no estado de Washington, cheia de dunas e sob altas temperaturas. Não é a paisagem mais parecida com a Lua que se pode encontrar na Terra, mas foi o suficiente para aprovar a maioria das inovações incorporadas nos novos equipamentos.

Os testes tinham como objetivo avaliar os sistemas de mobilidade robótica e humana projetados para a Lua, bem como os sistemas de controle e comunicação que irão conectar os grupos de astronautas entre si e com a Terra.

Os robôs foram controlados à distância, por uma equipe sediada na central de operações do Centro Espacial Johnson. Dois jipes K10 simularam um mapeamento inicial do terreno onde eles deverão aterrissar, construindo mapas topográficos panorâmicos em 3D.

Robôs lunares

Um dos robôs fez análises das estruturas geológicas de sub-superfície utilizando um sistema de radar capaz de emitir ondas que penetram o solo. Outro robô utilizou um sistema de mapeamento a laser para criar mapas topográficos. Esses robôs estão sendo projetados para fazer tarefas repetitivas e semi-autônomas, como mapeamento e levantamentos científicos básicos.

Dois robôs Athlete também foram testados. Cada Athlete tem seis rodas, capazes de funcionar também como pernas, o que os torna capazes de transpor terrenos extremamente acidentados. Eles foram avaliados carregando módulos habitáveis e laboratórios.

Novas roupas espaciais

Os testes foram feitos ou acompanhados por "astronautas" vestindo o que há de mais moderno em termos de roupas espaciais. Ao contrário das roupas usadas na missão Apollo, quando os astronautas mal conseguiam saltar, muitas vezes caindo, as novas roupas espaciais foram projetadas para que eles possam andar o mais próximo possível da forma como se anda na Terra.

Agora todas as equipes responsáveis pelos diversos projetos irão avaliar os resultados dos testes e fazer as modificações necessárias para uma próxima bateria de avaliação, marcada para outubro. Desta vez, segundo a NASA, em condições parecida com as da Lua, embora o local não tenha ainda sido divulgado.

veja também