MENU

NET terá locadora de filmes pelo cabo

NET terá locadora de filmes pelo cabo

Atualizado: Sexta-feira, 22 Outubro de 2010 as 11:20

A operadora de TV a cabo NET colocará no mercado mais um serviço que bate de frente com as videolocadoras. No fim deste ano, ou no início de 2011, a empresa lança uma oferta de conteúdo sob demanda, segundo a colunista da Folha Keila Jimenez.   Logo de início a operadora pretende disponibilizar cerca de 3.000 títulos de filmes. A Telefônica já tem um serviço parecido, mas que solta o conteúdo pela internet; no caso da NET, o próprio decoder receberá os dados pelo cabo e colocará o filme na telinha – em alta definição, inclusive.

De acordo com a colunista, a NET ainda estuda valores e qual seria a melhor data para o lançamento do produto. No caso da Telefônica, cada filme sai por, no mínimo, R$ 3,90.

As locadoras padecem

Os lançamentos de NET e Telefônica colocam em xeque o serviço de locação de filmes. No fim de setembro, a Blockbuster encaminhou um pedido de concordata como parte de um acordo pré-arranjado com credores que reduzirá o montante de sua dívida para cerca de US$ 100 milhões (a empresa deve quase US$ 1 bilhão).

O plano, que contou com o apoio de 80% dos credores da empresa, prevê que cada um colabore com US$ 125 milhões para ajudar as operações da Blockbuster enquanto a empresa atravessa o processo de recuperação judicial.

No início deste ano, a rede informou que iria fechar quase 10% de suas lojas. Entretanto, segundo um comunicado da empresa, "todas as 3 mil lojas da companhia nos Estados Unidos continuarão abertas". A Blockbuster divulgou também que não irá fornecer financiamento para suas operações na Argentina, que têm passado por repetidos momentos de falta de fluxo de caixa operacional.

Em comunicado separado, a Blockbuster no Canadá afirmou que não está incluída no processo de recuperação judicial e que todas as suas operações prosseguem normalmente.    

veja também