MENU

Netflix chega ao Brasil por R$ 15 ao mês

Netflix chega ao Brasil por R$ 15 ao mês

Atualizado: Segunda-feira, 5 Setembro de 2011 as 3:04

O diretor-geral do Netflix, Reed Hastings,

lançou o serviço no Brasil nesta segunda

(Foto: Laura Brentano/G1)

  O serviço de vídeos por streaming Netflix chegou ao Brasil nesta segunda-feira (5) por R$ 15 ao mês. Como promoção de lançamento, os usuários poderão ter um mês de assinatura gratuita.

O Netflix é um serviço de vídeo sob demanda pela internet que permite assistir a filmes e programas ilimitados em dispositivos como smartphones e TVs conectadas. O serviço já está em funcionamento no Brasil. Os interessados devem entrar no site e realizar um cadastro e selecionar a forma de pagamento. Nos EUA e Canadá, o Netflix tem mais de 25 milhões de assinantes.

O evento de lançamento em São Paulo teve a presença do fundador e diretor-geral da empresa, Reed Hastings. “Escolhemos o Brasil porque é um país com uma economia que cresce muito. Além da paixão que os brasileiros têm por vídeos. Quando testamos o serviço, não havia nenhum outro lugar como o Brasil, com tamanha paixão por vídeo”, disse Hastings.

Todos os filmes disponíveis no catálogo possuem a opção de dublado em português ou legenda – ou ambas opções. O Netflix no Brasil ainda não oferece filmes recém-lançados. Segundo Hastings, os títulos mais novos disponíveis no serviço foram lançados no cinema há 1 ano.

Página da web do Netflix no Brasil apresenta catálogo de filmes variado (Foto: Reprodução)

  “Quando lançamos o Netflix nos EUA, não tínhamos tantas ofertas de conteúdo e fomos ficando cada vez melhores. Vamos fazer o mesmo no resto do mundo enquanto expandimos”, disse Hastings. Ele acrescentou que milhares de horas de conteúdo como novelas e filmes estão disponíveis aos consumidores brasileiros. “No primeiro momento, vamos ver o que os brasileiros mais consomem para começarmos a oferecer mais conteúdo nessas áreas”.

O Netflix disponibiliza seriados de TV, como

'Desperate Housewife' (Foto: Reprodução)

  O Netflix também disponibiliza seriados de TV, como “Desperate Housewife”, “Grey's Anatomy” e “Mad Men”. As temporadas, no entanto, são todas passadas. “Não queremos concorrer com as TVs pagas, somos apenas um complemento”, disse Hastings. “Nos EUA, por exemplo, o número de assistentes das TVs pagas não diminui depois da chegada do Netflix”.

Segundo Pedro Freitas, gerente de produto da empresa, o usuário que quer ver a última temporada da série, deve recorrer às TVs por assinatura. “O Netflix vai servir para ver os episódios antigos”, disse.

Sobre o mercado de vídeos sob demanda, Hastings acredita que existe uma grande oportunidade de crescimento no Brasil. “No Canadá, alcançamos mais de 1 milhão de assinantes em um ano. Temos que esperar os brasileiros testarem para ver se gostam. Mas posso dizer que a maioria das pessoas que testou no mundo, gostou”, disse.

No lançamento desta segunda-feira (5), o Netflix anunciou contratos de licença no Brasil com estúdios como Paramount Pictures, Sony Pictures Television, NBC Universal International Television, ABC Television, CBS Television, MGM, BBC Worldwide e Disney.

O Netflix já está disponível para os consoles PlayStation 2 e 3, da Sony, e o Wii, da Nintendo. Em breve, a empresa lançará aplicativos para o Xbox, da Microsoft, e para TVs conectadas à internet da Samsung e LG. Entre outubro em novembro, smartphones equipados com as plataformas iOS, da Apple, Android e Windows Phone poderão baixar aplicativos do Netflix, segundo Freitas.          

veja também