MENU

Nova cerâmica para louças economiza 50% da energia dos microondas

Nova cerâmica para louças economiza 50% da energia dos microondas

Atualizado: Sexta-feira, 1 Agosto de 2008 as 12

Os fornos de microondas mostraram-se práticos o suficiente para cair no gosto das donas de casa do mundo inteiro. E eles poderiam ser ainda melhores, caso o material das louças que vão em seu interior fossem mais eficientes.

E isto logo poderá se tornar uma realidade, graças a uma nova cerâmica que possui a capacidade de absorver as microondas. As principais vantagens da nova cerâmica serão comidas quentes por igual, aquecimento mais rápido e, principalmente, uma conta de energia menor no final do mês.

Para aquecer os alimentos, as microondas fazem com que qualquer molécula que tenha uma carga positiva em uma extremidade e uma carga negativa na outra extremidade - como a água - gire para alinhar-se com o campo elétrico alternado das microondas.

Essa rotação induzida das moléculas de água empurra as moléculas vizinhas, que também se movem, criando uma agitação geral. Esse movimento generalizado das moléculas é sentido na forma do aumento do calor da comida.

Mas as louças para microondas são transparentes às microondas e somente se aquecem por indução, pelo contato direto com a comida quente. Isso significa que uma parte do calor da comida é perdido para a louça, retardando o processo de aquecimento e desperdiçando energia.

Os pesquisadores agora resolveram este problema, criando uma cerâmica especial que absorve as microondas. A pesquisa foi feita por Sridhar Komarneni (Universidade de Pensilvânia, Estados Unidos), Hiroaki Katsuki e Nobuaki Kamochi (Universidade de Saga, Japão).

O componente básico da nova cerâmica é um mineral rico em lítio, chamado petalita, ao qual foram adicionadas pequenas quantidades de óxido de ferro magnético.

O óxido de ferro interage com o campo elétrico das microondas e se aquece rapidamente, enquanto a petalita, que é isolante, ajuda a reter aquele calor depois que o forno é desligado. A cerâmica também ganha calor diretamente, que não mais é retirado da comida.

"A nova louça para microondas economiza 50% de energia em comparação com as louças convencionais para microondas," diz Komarneni. Uma panela para cozinhar arroz, feita com a nova cerâmica, leva apenas 10 minutos para preparar a comida, um tempo que fica entre 20 e 30 minutos com as cerâmicas convencionais.

veja também