MENU

O foco de The Witcher 2 será a história, diz produtor

O foco de The Witcher 2 será a história, diz produtor

Atualizado: Segunda-feira, 4 Outubro de 2010 as 12:05

Tomasz Gop, o produtor do RPG de ação "The Witcher 2: Assassins of Kings", revelou mais alguns detalhes sobre o título, mostrando uma fuga de prisão e um enorme "campo de batalha amaldiçoado" com centenas de soldados fantasmas na tela ao mesmo tempo. A apresentação foi durante o evento Eurogamer Expo 2010, realizado neste fim de semana.

O produtor fez questão de lembrar que a história do jogo não é linear. "Se você gosta do primeiro jogo, gostaríamos apenas de lhe assegurar que os princípios que nos fizeram fazer o primeiro 'Witcher' ainda são importantes para nós", disse Gop.

"Foi um jogo com história conduzida, e o segundo é um jogo de condução da história também. É a principal característica do game. A história é o recurso final", diz. Em "The Witcher 2" você joga com Geralt, um guerreiro de cabelos compridos cheio de cicatrizes pelo corpo, porém o produtor não deu mais detalhes.

O jogo utiliza um novo motor gráfico, que promete visuais bem trabalhados. "Contar uma história não-linear foi o principal motivo para nós de reescrever o motor. O motor que temos é nosso. Fizemos por nós mesmos a partir do zero. Nós reforçamos praticamente tudo no jogo, do tamanho dos cenários aos encontros enormes."

Depois de sair da prisão, Gop desbloqueou a câmera e visualizou o imenso mundo de fantasia.

"Todos esses lugares, até mesmo o mais distante, serão exploráveis no jogo. Isto é onde você vai estar jogando." A empresa pensa em futuramente licenciar o seu motor gráfico para outras empresas usarem.

Há quase uma centena de pessoas trabalhando em "The Witcher 2", revelou o produtor. Trabalhos nos idiomas polonês e inglês estão sendo feitos paralelamente, então as discrepâncias tão criticadas do primeiro jogo serão evitadas, de acordo com ele.

Há "20 ou 30" ângulos de câmera, tudo ajustado automaticamente para determinadas situações de combate, exploração e corte de cenas. O jogador não vai escolher o ângulo da câmera como podiam fazer antes.

Ferramentas de modificações estarão disponíveis, mas apenas após o lançamento do jogo. A empresa também promete um jogo maior que o original, que tinha entre 40 e 80 horas.

"The Witcher 2: Assassins of Kings" está previsto para sair em 2011 para PC. As versões para Xbox 360 e PlayStation 3 já foram confirmadas, mas não há datas divulgadas.

"The Witcher" foi uma das surpresas de 2007 para PC. Usando o motor Aurora da BioWare, o mesmo de RPGs como "Star Wars: Knights of the Old Republic" e "Jade Empire", o título da CD Projekt trouxe no pacote gráficos avançados, uma história rica com três finais diferentes, dependendo das escolhas feitas pelo jogador, e uma duração média de 40 horas.   Postado por: Guilherme Pilão

veja também