MENU

Opera Software abre escritório no Brasil

Opera Software abre escritório no Brasil

Atualizado: Sexta-feira, 25 Março de 2011 as 2:34

A Opera, desenvolvedora de navegadores para celulares e computadores, abriu um escritório no Brasil. Nuno Sitima, vice-presidente sênior de desenvolvimento de negócios da empresa, em visita ao país, disse que a filial (por enquanto com apenas duas pessoas), terá a missão de ampliar o uso dos navegadores por aqui. Um dos profissionais vai cuidar da versão para celulares, o outro da versão para desktop.

  Mas o foco mesmo da empresa é a parte mobile. Hoje, mais de 1,6 milhão de internautas brasileiros usam o Opera para acessar páginas web dos celulares. Grande parte deles é da TIM, operadora que recomenda o browser para os usuários do plano de navegação ilimitada por 50 centavos ao dia.

“A opção pelo nosso software tem uma explicação: o browser Opera para celulares comprime as páginas web em até 90%. Desse modo, a navegação fica mais rápida nos celulares”, explica.

A filial brasileira, que, inclusive, acaba de fechar uma parceria para colocar o Opera em um celular da Nextel, terá de apresentar os browsers móveis para outras operadoras e conseguir que elas instalem o navegador tanto nos aparelhos de entradas como nos smartphones. “A gente também vai procurar fabricantes e propor que eles embarquem o navegador Opera nos celulares”, afirma.

Rede lenta

Como o browser Opera funciona em diversos dispositivos móveis (Java, Symbian, Android), cerca de 100 milhões de pessoas no mundo inteiro o usam.

O mercado russo, por exemplo, é um dos maiores. “Lá, somente as grandes capitais têm redes 3G de qualidade. Portanto, as pessoas do interior do interior usam o navegador para tirar o máximo das redes, que são lentas.”

Como o Brasil tem uma infraestrutura de celular muito parecida à da Rússia, a Opera espera conseguir repetir o sucesso por aqui. “Por isso é que vamos tentar parcerias com todas as operadoras do país”, diz.

De acordo com Nuno, caso a filial da Opera no Brasil alcance os objetivos, a empresa vai ampliar a equipe no país. “Começamos devagar na Rússia e conseguimos montar uma boa equipe por lá. Por que não repetir a estratégia no Brasil?”

Navegadores

Nuno aproveitou a visita ao país para anunciar as novas versões dos navegadores Opera Mobile 6 e Opera Mini 6. Os browsers chegam com melhorias que os deixaram mais rápidos e adaptados aos celulares comuns e smartphones.

O Opera Mini, segundo Nuno, é recomendado para quem usa celulares velhos ou está conectado em redes móveis sem conexão 3G. Já o navegador Opera Mobile é destinado aos donos de smartphones Android, Symbian e BlackBerry.    

veja também