MENU

Organização planeja protesto em frente à Apple Stores em 4 de junho

Organização planeja protesto em frente à Apple Stores em 4 de junho

Atualizado: Segunda-feira, 30 Maio de 2011 as 2:24

Segundo o CNET, o US Uncut, uma organização que luta contra empresas que evitam o pagamento de impostos, está planejando um protesto na frente das Apple Stores neste sábado, 4 de junho. A Apple é o alvo da vez por seu suporte à campanha Win America (em inglês Win America Campaign ou pela sigla WAC), que reduz os impostos e taxas a serem pagos pelas empresas.

O US Uncut quer que a Apple saia do WAC (que tem como participantes outras empresas do Vale do Silício como Adobe Systems, Cisco Systems, Google e Oracle) e pague os cerca de US$ 4 bilhões em impostos que o WAC descontaria da empresa.

“A Apple brinca com os impostos. Ao colocar os lucros americanos como ganhos internacionais em países com baixas taxas, a Apple não esconde bilhões de dólares que deveria estar pagando”, disse o grupo em um comunicado.

O US Uncut também irá protestar contra o Bank of America, Verizon, FedEx, GE e BP no dia 4 de junho, chamado também de “Dia Nacional da Ação”.

E não é só nos Estados Unidos que a Apple está tendo problemas. Segundo o setteB.IT, a agência reguladora da Itália está entrando com uma ação contra a Apple por sua garantia estendida do AppleCare, que passa por cima do padrão exigido pelos padrões europeus. Eles acusam a Apple de estar vendendo uma proteção que os consumidores não deveriam pagar a mais.

A garantia padrão da Apple vale por um ano, podendo ser estendida dentro do programa AppleCare para até dois ou três anos, dependendo do produto. O padrão europeu é de dois anos de garantia.

As ações da agência americana pode resultar em multas contra a Apple e servir como base para ações legais dos consumidores.        

veja também