MENU

Para colegas e concorrentes, Steve Jobs é 'herói' da tecnologia

Para colegas e concorrentes, Steve Jobs é 'herói' da tecnologia

Atualizado: Quinta-feira, 25 Agosto de 2011 as 11:23

Steve Jobs anunciou que deixará cargo de

presidente da Apple (Foto: Reuters)

  Um herói do mundo high tech, um gênio inigualável, responsável por mudar a vida das pessoas mais do que qualquer outro empresário de nossa história recente. Colegas da indústria de tecnologia não economizaram em elogios superlativos a Steve Jobs , que anunciou nesta quarta-feira (24) que deixaria o comando a Apple , empresa que ele ajudou a criar em 1976 e que se tornou a maior gigante do setor nos últimos anos.

O peso dos comentários aumenta com a importância dos autores. Bob Metcalfe, um dos inventores do padrão de rede Ethernet, tecnologia que impulsionou o crescimento da Internet, classificou Jobs com apenas duas palavras em seu Twitter: “meu herói”.

Paul Allen, co-fundador da Microsoft, rival histórica da Apple, disse em comunicado, citado pelo site americano CNET, que Jobs é um “dos maiores inovadores de nossa indústria”. Assim como Jobs, Allen foi obrigado a se afastar do trabalho para tratar de um câncer, um linfoma de Hodgkin.

      “Nenhum CEO na história da humanidade fez mais por seus consumidores, empregados e acionistas que Steve. Considero uma honra ter trabalhado para ele”, afirmou o empreendedor e ex-evangelista da Apple Guy Kawasaki em mensagem publicada no Google Plus.

  “Steve Jobs é o maior líder que nossa indústria já teve. É o fim de uma era”, disse o CEO da empresa de computação na nuvem Salesforce.com, Marc Benioff, via Twitter.

“Steve está entre os maiores empreendedores, visionários e mentes criativas da indústria”, disse Randall Stephenson, presidente da AT&T, primeira operadora a vender o iPhone em 2007.

“O super-herói dos negócios Steve Jobs mudou a vida das pessoas ao redor do mundo mais do que qualquer homem de negócios vivo”, afirmou Bill Gross, executivo da Idealab, pelo Google Plus.

À agência de notícias Bloomberg, o co-fundador da Apple Steve Wozniak afirmou que Jobs “provavelmente será lembrado nos próximos 100 anos como o maior líder de negócios de nossos tempos”.    

veja também