MENU

Para economizar bateria, nova tecnologia 'freia' poder de notebooks

Para economizar bateria, nova tecnologia 'freia' poder de notebooks

Atualizado: Terça-feira, 9 Fevereiro de 2010 as 12

No mundo dos notebooks, bom desempenho e alta de duração da bateria são dois elementos que não combinam. O motivo é que os computadores portáteis possuem placas de vídeo cada vez mais poderosas e seu uso aumenta consideravelmente o consumo de energia. Para tentar contornar este problema a Nvidia apresentou a tecnologia Optimus, um sistema automático capaz de reduzir a velocidade de operação da plava de vídeo do notebook, economizando energia.

A tecnologia, que começará a ser implantada nos notebooks que chegam ao mercado na metade de 2010, inova ao trazer um sistema automático, que reconhece a necessidade do uso da placa de vídeo conforme o programa ou game que está aberto.

Nos aparelhos atuais, é necessário ativar e desativar manualmente o uso da GPU (sigla em inglês para unidade de processamento gráfico, nome técnico das placas de vídeo) e, há alguns anos, era preciso até reiniciar o computador para ligar e desligar o sistema. Não existia um equilíbrio entre a alta performance do PC com o baixo consumo de bateria.

"A tecnologia Optimus traz a flexibilidade de se alternar entre a placa de vídeo 'onboard' [integrada] e a GPU de forma discreta e transparente para usuário, sem a questão de fechar o aplicativo", diz Richard Cameron, gerente de produto para o Brasil da Nvidia. "Com isso, conseguimos aliar performance gráfica com longa duração de bateria".

Quando os programas como tocadores de vídeo digital em alta definição, conversores de filmes para diversos formatos ou jogos são utilizados, por exemplo, a tecnologia Optimus liga a placa de vídeo sem a intervenção do usuário. Com a GPU em funcionamento, o consumo de energia da bateria aumenta. Ao fechar o programa, a Optimus desliga a placa de vídeo, fazendo com que o sistema utilize apenas a GPU integrada à placa-mãe do notebook, menos potente e com demanda menor de bateria.

Com a tecnologia, a Nvidia promete que a bateria dos computadores portáteis tenha uma duração de até 10 horas, similar à de aparelhos que usam apenas a placa de vídeo integrada.

"A placa de vídeo deixou de ser um componente apenas para quem joga games no PC", afirma Cameron. "Ela é um segundo processador para os computadores. O Windows 7 utiliza a GPU para processar funções do sistema operacional, por exemplo, e o novo Office terá recursos que usarão as placas".

O executivo da Nvidia diz que um grupo que será beneficiado com a tecnologia Optimus é dos usuários de programas gráficos como o Photoshop e o After Effects. "Estes programas têm recursos que só funcionam com placas de vídeo. A GPU deixou de ser exclusiva para os jogos e se tornou conhecida pelo consumidor como um item para aplicações multimídia, para postar e assistir a vídeos. O consumidor já percebeu a necessidade da placa de vídeo".

A tecnologia não afetará o preço das placas da Nvidia, segundo Cameron. "Um notebook com GPU é mais caro, mas o consumidor consegue traduzir o preço de ter um computador com uma placa de vídeo".

Nos Estado Unidos, a Nvidia firmou uma parceria com a fabricante Asus para lançar os primeiros aparelhos com a tecnologia Optimus. A nova linha de notebooks, notebooks voltado para games e netbooks com placas de vídeo para a empresa devem chegar ao mercado na metade de 2010. Outras empresas também lançarão aparelhos com a Optimus, mas a Nvidia não revelou quais serão as companhias nem a data de lançamento dos produtos.

veja também