MENU

Presidiários dos EUA aderem ao Twitter

Presidiários dos EUA aderem ao Twitter

Atualizado: Quarta-feira, 25 Novembro de 2009 as 12

Se uma das angústias de viver numa penitenciária é não poder se comunicar com o lado de fora, nos Estados Unidos isso não parece ser mais problema. É de uma prisão na Califórnia que o roteirista Roger Avary, premiado com o Oscar pelo roteiro de 'Pulp Fiction', posta suas mensagens no Twitter, o microblog mais popular do mundo. Já foram mais de 20 falando da péssima comida, da tensão entre os presos, de drogas.

"As doenças se espalham aqui como chamas de um incêndio. É perda de tempo tentar evitar a contaminação", diz Avary, que cumpre pena por causar um acidente fatal de carro.

Em outra mensagem é de um ativista preso quando protestava contra a devastação de florestas tropicais. "Fomos todos presos. Fiquei com o celular. Mantenho-os atualizados assim que puder", escreveu.

Condenado a três anos e meio por agressão, o rapper Prodigy escreveu uma autobiografia que será lançada assim que eu sair daqui, anuncia. Daddy Bawsten, também rapper, não quis dar margem a falsos twitteiros que assumem a identidade de outras pessoas. A foto, tirada com um celular, que Bawsten postou, dele mesmo, na cadeia.

veja também