MENU

Primeiro consumidor na fila para iPad comprou aparelho para presente

Primeiro consumidor na fila para iPad comprou aparelho para presente

Atualizado: Sexta-feira, 3 Dezembro de 2010 as 11:03

O primeiro na fila de brasileiros ansiosos para adquirir o iPad comprou o aparelho não para uso próprio, mas para a esposa. João Teófilo Ribeiro, de 50 anos, chegou em frente a loja da Fnac, no Shopping Morumbi, em São Paulo, às 20h30min desta quinta-feira (2). Outras lojas no Brasil também abriram a meia noite para o lançamento do tablet da Apple no país.   A ideia inicial de Ribeiro era jantar com a filha para depois aguardar o lançamento. Mas, como ela se atrasou, ele acabou se tornando o primeiro sem querer. Como Magali Colconi, de 52 anos, é professora, Ribeiro acredita que o aparelho é um ótimo presente de Natal. “É um produto sensacional, completo, que traz toda a praticidade de outros aparelhos”, explica.

A surpresa acabou sendo descoberta por Magali, que foi avisada pela filha sobre o presente. Magali chegou ao Shopping Morumbi pouco antes da meia noite para acompanhar o marido, e conseguiu conferir a abertura das portas. “A surpresa acabou sendo dupla. Primeiro pelo presente, e segundo por ter sido a primeira no Brasil a adquirir o iPad”, disse Magali.

Os outros consumidores começaram a chegar na Fnac pouco antes das 22h, quando a loja fechou. Logo na entrada, o cartaz “Amanheça com seu iPad amanh㔠chamava a atenção do público. Cerca de 70 consumidores aguardaram a abertura das portas na fila.

Entre as celebridades que foram convidadas pela Apple para conferir o lançamento do produto no Brasil estava o estilista Fause Haten e o cantor Dinho Ouro Preto. “Como eu passo muito tempo na estrada, eu preciso de um aparelho portátil. A minha ideia é tentar substituir o meu Macbook pelo iPad e viver só com ele”, disse Dinho.

Entre uma maioria masculina, Kelly Yamada, de 33 anos, esperava na fila com a mãe, Maria Yamada, de 53 anos. As duas estavam passeando pelo shopping desde as 14h de quinta-feira quando descobriram sobre o lançamento. “Eu já estava planejando comprar o aparelho. Por isso, resolvi esperar para antecipar a compra”, explica Kelly.

iPad chega a partir de R$ 1.649

Oito meses após ser lançado nas lojas dos Estados Unidos, o iPad chegou às revendedoras da Apple no Brasil à meia-noite desta sexta-feira (3). Até setembro deste ano, 7,5 milhões de iPads já haviam sido entregues no mundo.

O iPad com conexão Wi-Fi será vendido no país pelos preços sugeridos de R$ 1.649 (16GB), R$ 1.899 (32GB) e R$ 2.199 (64GB). Já o modelo Wi-Fi + 3G chega por R$ 2.049 (16GB), R$ 2.299 (32GB) e R$ 2.599 (64GB). O modelo mais simples do aparelho é vendido nos EUA por US$ 500.

Com tela sensível ao toque de 9,7 polegadas e espessura total de 1,2 centímetro, o iPad pesa 680 gramas (o modelo sem 3G) e 730 gramas e tem bateria com duração de 10 horas. Diferentemente do iPhone, o tablet não tem função de câmera digital. Em evento no final de janeiro deste ano, o fundador e presidente da Apple, Steve Jobs, apresentou o produto - que une computador, videogame, tocador de música e vídeo e leitor de livro digital - como "mágico" e "revolucionário".

Segundo uma pesquisa divulgada no início de novembro, a Apple encerrou o terceiro trimestre controlando 95% do nascente mercado de tablets. O mercado total cresceu de 3,5 milhões de aparelhos no segundo trimestre para 4,4 milhões nos três meses encerrados em setembro. Conforme relatório da empresa de pesquisa iSuppli, o iPad terá 70% do mercado em 2011 e 62% em 2012.    

veja também