MENU

Quedas em data centers podem causar prejuízos de US$ 1 milhão

Quedas em data centers podem causar prejuízos de US$ 1 milhão

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 2:15

Um prestador de serviços de telecomunicações ou site de e-commerce atingido por uma interrupção do tráfego em data centers, por um período médio de 134 minutos, pode perder até US$ 1 milhão em receita, segundo novo estudo divulgado pela Emerson Network Power (ENP) e pelo Instituto Ponemon. Uma interrupção também pode causar danos a dados e abalar a confiança dos consumidores, além de resultar em processos judiciais.

O estudo diz que os data centers “caem” mais do que se imagina, e que 95% das empresas nos EUA já experimentaram pelo menos uma interrupção não planejada do acesso nos últimos dois anos. A ENP e o Ponemon entrevistaram cerca de 450 profissionais de data center, e analisaram a fundo 41 data centers independentes de variados segmentos da indústria.

A pesquisa constatou que uma queda total, com tempo médio de recuperação de 134 minutos, pode custar a uma organização aproximadamente US$ 680 mil. Para empresas com modelos de receitas que dependem exclusivamente de data centers para fornecer serviços de TI e rede - como prestadores de serviços de telecomunicações e empresas de comércio eletrônico - o maior custo de um único evento pode chegar a US$ 1 milhão (mais de US$ 11 mil por minuto).

"Com o aumento da dependência de sistemas de TI para suportar aplicações críticas de negócios, uma única queda tem potencial de impacto significativo na lucratividade - em casos extremos, na viabilidade - de uma empresa", diz Larry Ponemon, presidente e fundador do Instituto Ponemon. "Desamparada, uma infraestrutura inadequada de data center vai contribuir para a repetição desses eventos e resultar em perdas financeiras significativas, bem como em danos irreparáveis à reputação da empresa e a boa vontade do cliente."

Os profissionais de data centers disseram também que a falta de recursos foi a principal razão para não reduzir ou não responder às falhas como gostariam. Cinquenta e sete por cento dos pesquisados pensa que a maioria das interrupções não planejadas poderia ter sido evitada, e apenas 37% concordam que há recursos de sobra para colocar os data centers em funcionamento, se houver uma interrupção não planejada.        

veja também