MENU

Rede de alta velocidade do Google vai para Kansas City

Rede de alta velocidade do Google vai para Kansas City

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 1:55

Kansas City é a feliz vencedora de uma rede de banda larga de 1Gbit por segundo que o Google vai construir. A empresa, que no ano passado anunciou que escolheria uma cidade para a sua rede de altíssima velocidade, espera oferecer o serviço a partir do início de 2012.

Segundo o próprio Google, Kansas City, estado americano do Kansas, foi escolhida por uma série de razões. “Na seleção, o nosso objetivo era encontrar um local onde pudéssemos construir de forma eficiente, ter um impacto positivo sobre a comunidade e desenvolver relações com os governos locais e organizações comunitárias”, escreveu em seu blog Milo Medin, vice-presidente de serviços de acesso da empresa. “Encontramos isso em Kansas City.”

Durante um evento na cidade para anunciar o plano, Medin disse que o local já tinha uma extensa rede de canalização que o Google pode usar para construir a rede, não sendo necessário perfurar as ruas para colocar a fibra ótica. O plano ainda precisa ser aprovado pelo Conselho de Administração da cidade.

A rede deve servir entre 50 e 500 mil pessoas a um preço que o Google chamou de “competitivo”. O plano da empresa era anunciar o local de implantação até o fim do ano passado, e que poderiam haver ainda outras localidades escolhidas. Na quarta-feira (30), ficou confirmado que a empresa ainda procura outros locais para redes semelhantes.

"Para as cidades que se candidataram e não foram selecionadas, este é só o começo, não o fim”, disse Medin. “O país inteiro vai observar o que acontecerá por aqui e esperamos alcançar outras cidades vizinhas e outros mercados". Quase 1,1 mil cidades se candidataram a receber a rede do Google. O interesse foi tão grande que Topeka, outra cidade do Kansas, mudou seu nome para Google por um mês. Em Kansas City, escolas da cidade e alguns serviços do governo terão acesso gratuito à rede, segundo o prefeito da cidade, Joe Reardon.

O Google disse que sua meta ao implantar a nova rede é testar sua próxima geração de aplicativos e desenvolver novas técnicas.      

veja também