MENU

Relógio de pulso ganha funções de smartphones

Relógio de pulso ganha funções de smartphones

Atualizado: Segunda-feira, 11 Abril de 2011 as 2:03

Relógio roda aplicativos e permite programação (Foto: Reprodução/GetInpulse)

  A empresa iniciante Inpulse, financiada pelo fundo de investimentos Y Combinator, criou e lançou um relógio de pulso que permite ser programado para realizar várias funções, além do básico que seria mostrar as horas.

Chamado de "inPulse", o dispositivo se conecta via Bluetooth ao telefone e emite alertas de e-mail, mensagens SMS e redireciona as chamadas de voz diretamente para ele.

O relógio pode se conectar, sem fio, a todos os tipos de dispositivos: computadores, notebooks e smartphones. Ele funciona melhor com o Android, Blackberry, Mac, Windows e Linux (suporte ao iPhone está em desenvolvimento. A Apple exige chips especiais que devem ser incorporados ao relógio). É uma conexão em dois sentidos, de modo que o "inPulse" pode transmitir dados de volta para o aparelho com qual está interagindo.

A InPulse abriu sua plataforma para desenvolvedores e, até agora, mais de 30 aplicativos foram criados para o relógio. Estes variam de tornar o relógio num controlador de músicas do iTunes até virar um controle remoto de apresentação do PowerPoint. O interessante do aparelho é a possibilidade de programá-lo para exibir qualquer coisa por meio de aplicativos. Outro caso de uso popular para os programadores é o de exibir estatísticas em tempo real dos servidores. Existe, inclusive, um site dedicado a aplicativos para o produto.

O fundador Migicovsky Eric é um ciclista que queria uma maneira de checar seu e-mail, mensagens de texto e chamadas sem usar as mãos. Utilizar um smartphone não faria sentido porque ele ainda teria de tirar uma mão do guidão durante seus treinos na bicicleta. Então, ele começou a pensar em como poderia adicionar as capacidades dos smartphones a um relógio de pulso que ele sempre usava no exercício. Assim nasceu o "inPulse".

O relógio está à venda, on-line, no site do fabricante por US$ 150.

veja também