MENU

RSF pede proteção a banqueiro que vazou informações a WikiLeaks

RSF pede proteção a banqueiro que vazou informações a WikiLeaks

Atualizado: Segunda-feira, 17 Janeiro de 2011 as 3:27

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) pediu proteção judicial nesta segunda-feira para o banqueiro suíço Rudolf Elmer, que entregou ao WikiLeaks detalhes sobre contas bancárias de 2 mil personalidades ricas e famosas suspeitas de evasão fiscal.   "A fonte do WikiLeaks deveria ser protegida em virtude do direito à informação", afirmou a organização pela liberdade de imprensa, que ressaltou em comunicado que "ao denunciar abusos evidentes, Elmer atuou em benefício de todos".

Em entrevista coletiva, Elmer disse que os CDs contêm informação de cerca de 40 políticos e que os titulares das contas procedem de todas as partes do mundo.

Desde 2008 o ex-banqueiro divulga informação para o portal, mas ele ressalta que não infringe a "legislação suíça sobre sigilo bancário, já que o material fornecido ao WikiLeaks era de uma filial do banco Julius Bär nas Ilhas Cayman, onde trabalhou durante oito anos", destacou a RSF.    

veja também