MENU

R.Unido quer proibir game em que jogador pode ser talibã

R.Unido quer proibir game em que jogador pode ser talibã

Atualizado: Terça-feira, 24 Agosto de 2010 as 10:41

O Reino Unido pediu que os comerciantes proíbam a venda da nova edição do game para computador "Medal Of Honor", considerado de "mau gosto" pelo ministro da Defesa do país, Liam Fox, já que oferece ao jogador a possibilidade de ser um talibã e matar soldados britânicos. Fox se mostrou "indignado" diante do jogo, da Electronic Arts, que permite a recriação dos ataques contra tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). O atrativo desta versão atualizada do game, que deve ser lançada em outubro, consiste em deixar o jogador escolher se quer enfrentar as tropas aliadas ou os talibãs.

Fox chamou o jogo de "escandaloso" e lembrou que "há crianças que perderam seus pais pelas mãos dos talibãs e há mulheres que perderam seus maridos".

"Estou indignado e zangado. É difícil crer que qualquer cidadão de nosso país queira comprar um jogo tão antibritânico. Peço aos comerciantes para que mostrem seu apoio a nossas Forças Armadas e proíbam este produto de tão mau gosto", disse o ministro.

Em declarações ao dominical "The Sunday Times", um porta-voz da Electronic Arts argumentou que "o formato do novo 'Medal Of Honor' simplesmente reflete o fato de que em todo conflito existem dois lados".

Postado por: Thatiane de Souza

veja também